Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 06 de setembro de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

campeonato brasileiro

06/09/2018 - 00h14min. Alterada em 06/09 às 00h14min

Com a cabeça no clássico, Grêmio encara o Santos para se manter próximo do topo

Repleto de desfalques, e já com a cabeça no Grenal do próximo domingo, o Grêmio visita o Santos no estádio do Pacaembu, nesta quinta-feira, às 19h. Apesar dos problemas, a equipe de Renato Portaluppi vive bom momento. Goleou o Botafogo por 4 a 0 na última partida e, com 40 pontos, briga na parte de cima da tabela. Além disso, está nas quartas de final da Libertadores. Acostumado a escalar reservas em jogos do Brasileirão que antecedem partidas de mata-mata, o treinador tem quatro desfalques certos para o duelo em Santos.
Bruno Cortez cumpre suspensão pelo terceiro cartão amarelo, Kannemann e Everton estão com as seleções argentina e brasileira. Já Maicon teve constatada uma lesão na coxa esquerda que pode também tirá-lo do Grenal do próximo domingo, às 16h, no Beira-Rio.
Marcelo Oliveira, Bressan e Alisson aparecem como os prováveis substitutos de Cortez, Kannemann e Everton. Para a vaga de Maicon, o treinador tem Thaciano como principal opção. Já Luan voltou a treinar nesta quarta-feira, após sentir um problema estomacal, e pode surgir na equipe diante do Peixe. Caso o camisa 7 seja poupado, Pepê aparece como possível substituto.
Léo Moura e Jael passarão por avaliações e podem nem ficar à disposição. Um possível Grêmio pode ter Marcelo Grohe; Leonardo Gomes, Pedro Geromel, Bressan e Marcelo Oliveira; Thaciano, Cícero, Ramiro, Luan e Alisson; André.
Drama maior vive Michel. Já na fase de recondicionamento físico e ganhando ritmo de jogo, o volante tricolor foi escalado para uma partida do time de transição, e acabou sofrendo uma entorse no tornozelo direito nesta quarta-feira. Ele vem de um período de três meses longe dos gramados. Sem inchaço no local, Michel passará por uma ressonância magnética junto ao departamento médico.
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia