Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sexta-feira, 31 de agosto de 2018.
Dia do Nutricionista.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Série B

Alterada em 31/08 às 23h32min

Na estreia de Luis Carlos Winck, Juventude empata em 2 a 2 com o Paysandu

Folhapress
Em jogo com duas viradas, o Juventude quebrou o jejum de seis jogos sem marcar, mas viu a vitória escapar entre os dedos aos 49 minutos do segundo tempo, quando o Paysandu empatou por 3 a 3 na noite desta sexta-feira (31), no estádio da Curuzu, pela 24ª rodada da Série B do Campeonato Brasileiro.
Apesar do empate emocionante, o Paysandu vai para o seu sexto jogo sem vitória e continua brigando para deixar a zona de rebaixamento. O time tem 26 pontos, contra 28 do Juventude, que também não vive um bom momento e soma sete partidas sem vencer.
O jogo marcou a estreia do técnico Luis Carlos Winck à frente do Juventude. Ele substitui Julinho Camargo. Com o novo treinador, o Juventude foi para cima e Renan Rocha impediu no reflexo o gol de Caio Rangel. Mas a tática do time gaúcho deu resultado aos 29 minutos. Após boa triangulação, Denner recebeu pela direita e chutou no alto para abrir o marcador.
O Paysandu chegou ao gol de empate aos 41 minutos. Em cobrança de falta de Pedro Carmona, Diego Ivo subiu sozinho para deixar tudo igual na Curuzu.
No segundo tempo, o jogo foi ainda mais movimentado. Aos sete minutos, Pedro Carmona cobrou falta na cabeça de Hugo Almeida, que só desviou para o gol. Mas nem deu tempo de comemorar. Em outra bola parada, o Juventude empatou com Bonfim, que testou firme para deixar 2 a 2.
O Paysandu sentiu o baque e deu espaço para o Juventude se colocar na frente do marcador mais uma vez. Aos 18 minutos, Caio Rangel recebeu em velocidade de Denner, invadiu a área e virou o jogo. Quando tudo indicava que a partida terminaria sob protestos da torcida do Paysandu, Diego Ivo, aos 49 minutos, aproveitou a falha do zagueiro Fred e se esticou todo para empatar.
Na próxima rodada, o Paysandu enfrenta o São Bento na terça-feira, às 20h30min, no estádio Walter Ribeiro, em Sorocaba (SP). No mesmo dia e horário, o Juventude recebe o Criciúma no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS).
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia