Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, domingo, 26 de agosto de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 26/08 às 18h41min

Vitória encerra jejum, bate o Atlético-MG por 1 a 0 e sai da zona de rebaixamento

Estadão Conteúdo
O Vitória encerrou um jejum de cinco jogos e deixou a zona de rebaixamento do Campeonato Brasileiro. Neste domingo, em Salvador, o time baiano derrotou o Atlético Mineiro por 1 a 0, no estádio Barradão, em jogo válido pela 21.ª rodada.
O time rubro-negro não sabia o que era balançar as redes há três partidas, mas com gol do jovem Léo Ceará deu um salto na tabela de classificação - com 22 pontos, ficou distante da zona da degola. O Atlético-MG, por outro lado, segue em sexto lugar com 34.
Dono do melhor ataque do Brasileirão com 36 gols, o Atlético-MG começou pressionando o Vitória e perdeu uma chance clara com Ricardo Oliveira. Rodrigo Andrade errou o recuo e entregou nos pés do centroavante, que invadiu a área em velocidade e finalizou para fora.
Apesar da chance criada, o primeiro tempo foi bastante equilibrado, com muito mais erros do que qualidade. Os donos da casa bem que tentaram assumir o controle adiantando a marcação e dificultando para o meio de campo atleticano.
Yago e Neílton arriscaram de longe e apenas assustaram o goleiro Victor. Os baianos tomavam conta do jogo, mas ainda deixavam espaços para o ataque do Atlético-MG. Ainda antes do intervalo, os mineiros tiveram outra chance clara de marcar, desta vez com Elias. De surpresa, o volante apareceu na área para finalizar. Ronaldo, goleiro do Vitória, caiu bem para defender.
Para o segundo tempo, o técnico Thiago Larghi apostou na entrada de Luan. Com movimentação e qualidade técnica, o jogador mudou a cara do Atlético-MG. Elias, em finalização colocada depois de deixar a marcação no chão, e Emerson, em cruzamento rasteiro, seguiram criando oportunidades.
Sofrendo para se segurar, o Vitória, em sua primeira subida ao ataque, abriu o placar. Aos 23 minutos, Lucas Fernandes finalizou cruzado, de longe, e carimbou a trave. No rebote, Léo Ceará apenas empurrou para o fundo das redes.
O Atlético-MG teve cerca de 25 minutos para buscar o empate, mas encontrou um adversário bem fechado, que praticamente não deixou o time visitante finalizar. A única chance saiu em lance pouco provável. Antes do meio de campo, Cazares viu o goleiro adiantado e arriscou. Ronaldo se recuperou e com a ponta dos dedos fez a defesa.
Os dois times voltam a campo no próximo sábado. Às 16 horas, o Vitória recebe o América-MG, novamente no estádio Barradão. Mais tarde, às 21 horas, o Atlético-MG visita o Corinthians, em São Paulo.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia