Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, terça-feira, 17 de julho de 2018.
Dia de Proteção às Florestas .

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa 2018

Notícia da edição impressa de 17/07/2018. Alterada em 17/07 às 01h00min

Seleção francesa desembarca com festa em Paris

Aviões pintaram o céu com 
fumaça azul, branca e vermelha

Aviões pintaram o céu com fumaça azul, branca e vermelha


/GEOFFROY VAN DER HASSELT/AFP/JC
Um dia após a vitória por 4 a 2 sobre a Croácia, em Moscou, e a conquista do bicampeonato mundial na Rússia, os franceses foram aclamados pelo povo em Paris. Griezmann, Mbappé e companhia desfilaram em carro aberto pelas ruas da capital para festejar o título. Cartão-postal parisiense, a avenida Champs-Élysées já estava lotada quatro horas antes da passagem da delegação.
Mbappé foi o mais ovacionado pelo público. Todos queriam mostrar o apoio ao jovem herói da Copa. Impressionou o número de pessoas com a camisa do atacante, visto que sua participação pela seleção começou apenas no ano passado. O craque do PSG retribuiu o carinho autografando bolas para os fãs.
Enquanto os campeões desfilavam, aviões pintavam com fumaça azul, branca e vermelha os céus da capital. Autoridades e jornalistas chamaram a festa de "a maior da história" da França, algo sem precedentes, com mais de 1 milhão de pessoas nas ruas desde domingo. A festa ainda contou com uma calorosa recepção por parte do presidente Emmanuel Macron e da primeira-dama Brigitte.
Mais cedo, no aeroporto Roissy-Charles de Gaulle, foi estendido um tapete vermelho na saída dos jogadores do avião. À frente da fila, o goleiro e capitão Hugo Lloris ergueu a taça e mostrou aos funcionários do aeroporto que organizaram a recepção. Um ônibus com a inscrição "Campeões do mundo" os esperava para levá-los pela cidade.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia