Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 11 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

Tênis

Alterada em 11/07 às 19h30min

Em jogo de viradas, Nadal despacha Del Potro e vai à semi de Wimbledon

Espanhol está em busca de seu terceiro título do torneio de Londres

Espanhol está em busca de seu terceiro título do torneio de Londres


GLYN KIRK/AFP/JC
Folhapress
Rafael Nadal venceu Juan Martin del Potro por 3 sets a 2 (7/5, 6/7 (7-9), 4/6, 6/4 e 6/4) em uma partida com mais de quatro horas e meia de duração, nesta quarta-feira (11), e se classificou à semifinal de Wimbledon. Agora, o espanhol enfrenta o sérvio Novak Djokovic, que bateu o japonês Kei Nishikori em um jogo bem mais curto, por 3 sets a 1.
Em um confronto equilibrado, Nadal conseguiu controlar o saque de Del Potro no primeiro set e obteve a quebra decisiva no 12º game. Depois disso, permitiu que o argentino se recuperasse até obter a virada.
Na quarta série, Nadal retomou o controle da partida, aproveitando a boa forma física. Ao levar a decisão para o quinto set, o espanhol obteve a quebra decisiva no quinto game. Então, precisou apenas conduzir o set com tranquilidade para fechar a partida.
Nadal está em busca de seu terceiro título em Wimbledon. As conquistas dele aconteceram em 2008 e 2010. Nos últimos cinco anos, porém, não chegou sequer às quartas de final.
Na outra partida das quartas de final, o americano John Isner derrotou o canadense Milos Raonic por 3 sets a 1. Ele vai enfrentar na semifinal o sul-africano Kevin Anderson, que surpreendeu ao derrotar o suíço Roger Federer, de virada, por 3 a 2.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia