Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, sábado, 07 de julho de 2018.
Dia Internacional do Cooperativismo.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa 2018

Alterada em 07/07 às 13h00min

Após eliminação, Neymar diz que vive momento mais triste da carreira

Brasileiro se manifestou pela primeira vez após a derrota e eliminação ontem para Bélgica

Brasileiro se manifestou pela primeira vez após a derrota e eliminação ontem para Bélgica


BENJAMIN CREMEL/AFP/JC
Agência Brasil
O atacante da seleção brasileira Neymar disse neste sábado (7) que está vivendo o momento mais triste da sua carreira. Em uma mensagem publicada há pouco no Instagram, o brasileiro se manifestou pela primeira vez após a derrota e eliminação ontem (6) por 2 a 1 para Bélgica, nas quartas de final da Copa do Mundo.
Ao final da partida, Neymar não quis dar declarações aos jornalistas que acompanharam a saída da seleção do estádio, em Kazan, na Rússia.
"Posso dizer que é o momento mais triste da minha carreira, a dor é muito grande porque sabíamos que poderíamos chegar, sabíamos que tínhamos condições de irmos mais além, de fazer história, mas não foi desta vez", disse.
No início da manhã, os jogadores da Seleção Brasileira deixaram o hotel onde estavam hospedados em Kazan. Os atletas e a comissão técnica seguiram para o aeroporto da cidade, onde pegaram o voo em direção ao Rio de Janeiro, com escala em Madrid. Alguns jogadores ficarão na capital espanhola e não devem voltar ao Brasil. O restante da delegação deve desembarcar na manhã deste domingo no aeroporto do Galeão.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia