Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 05 de julho de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa 2018

Notícia da edição impressa de 05/07/2018. Alterada em 05/07 às 01h00min

Segundo cartão amarelo pode tirar destaques da Copa das semifinais

Rakitic é um dos oito pendurados da Croácia

Rakitic é um dos oito pendurados da Croácia


ADRIAN DENNIS/AFP/JC
As quartas de final marcam a última etapa da Copa da Rússia em que os cartões recebidos em fases anteriores servem como critério de suspensão. Ou seja, quem receber o segundo amarelo nos jogos de sexta-feira e sábado fica fora das semifinais. Ao todo, 32 atletas estão pendurados, incluindo alguns dos principais nomes de suas seleções.
Pela brasileira, três jogadores irão enfrentar os belgas com a corda no pescoço: o lateral-esquerdo Filipe Luís, o meia Philippe Coutinho e o atacante Neymar. A situação também preocupa a Bélgica, que vai a campo com cinco jogadores na berlinda - entre eles, o meia De Bruyne, um dos destaques do time, e o combativo defensor Vertonghen. Além deles, Dendoncker, Tielemans e Meunier também estão sob risco.
Entre os pendurados, há nomes como os franceses Pogba e Giroud; os russos Golovin e Smolov; o meio-campista Henderson, da Inglaterra; e os suecos Claesson e Ekdal. A seleção menos ameaçada é o Uruguai, que tem apenas Bentancur amarelado. A Croácia, por sua vez, vai precisar pegar leve: nada menos que oito jogadores já receberam amarelo, incluindo destaques como Rakitic, Vrsaljko, Rebic e Mandzukic.
Nos jogos das quartas, apenas as seleções do Brasil (Casemiro), França (Matuidi) e Suécia (Lustig) terão atletas ausentes por suspensão. Em compensação, eles estarão com a conta zerada em caso de classificação das suas seleções às semifinais.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia