Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quinta-feira, 28 de junho de 2018.
Dia do Ministério Público Estadual.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa 2018

Notícia da edição impressa de 28/06/2018. Alterada em 27/06 às 21h50min

México no caminho do hexa brasileiro

Thiago Silva coroou atuação segura marcando o segundo gol brasileiro

Thiago Silva coroou atuação segura marcando o segundo gol brasileiro


/FRANCISCO LEONG/AFP/JC
O Brasil está nas oitavas de final da Copa do Mundo. Os comandados de Tite garantiram o primeiro lugar no Grupo E ao vencerem a Sérvia por 2 a 0, ontem, no Spartak Stadium, em Moscou. Foi a melhor atuação da seleção no torneio até agora. Na próxima fase, a equipe terá pela frente o México, na segunda-feira, às 11h, em Kazan.
A seleção fez seu melhor primeiro tempo no Mundial - superior até ao da estreia contra a Suíça (quando se descontrolou na etapa final), porque foi mais objetiva. Neymar e Philippe Coutinho, os dois principais nomes do time, estiveram bem. Paulinho também subiu de produção.
A Sérvia mostrou ser um adversário bastante complicado. O time europeu marcou bem, adiantado, e tentou impor dificuldade à defesa brasileira. Como já era esperado, os sérvios usaram sua principal arma: as bolas altas. Estas, porém, foram bem neutralizadas pela zaga do Brasil e pelas saídas precisas do goleiro Alisson.
Logo no início, Marcelo teve de ser substituído. Segundo o departamento médico da CBF, o lateral-esquerdo sofreu um espasmo na coluna ao tentar uma arrancada. Com isso, o time perdeu os seus avanços, uma vez que Filipe Luís não é um grande apoiador.
Com a Sérvia bem postada na defesa, o Brasil tinha como alternativa os lançamentos longos e as infiltrações. Teve uma boa chance aos 24 minutos, com Neymar, mas o goleiro Stojkovic conseguiu defender. Aos 28, o camisa 10 deu um belo passe em profundidade para Gabriel Jesus, mas o atacante se atrapalhou e Veljkovic conseguiu fazer o corte. Aos 33, a Sérvia teve a sua melhor chance, mas Mitrovic errou na conclusão. O castigo veio dois minutos depois: Philippe Coutinho fez ótimo lançamento para Paulinho, que se infiltrou, ganhou do zagueiro na corrida e encobriu Stojkovic.
Na etapa final, a Sérvia tentou ser mais ofensiva. Só que, além de encontrar a defesa brasileira bem postada nos primeiros 15 minutos, deu espaço para os contra-ataques. Em um deles, Neymar perdeu o gol ao chutar nas pernas de Stojkovic, após belo lançamento de Philippe Coutinho. Aos 15, um susto: após cruzamento da direita, Alisson falhou e rebateu na cabeça de Mitrovic, mas Thiago Silva evitou o empate.
Os europeus cresceram, começaram a pressionar e tiveram quatro chances seguidas. No entanto, o Brasil usou a principal arma adversária para liquidar o jogo. Aos 23, Neymar cobrou escanteio, Thiago Silva subiu mais alto e cabeceou para fazer 2 a 0. A partir daí, o Brasil amassou a Sérvia e desperdiçou algumas chances de transformar o placar em goleada.
JC
JC

Tite comemora a evolução da equipe no torneio

O técnico Tite gostou da evolução da equipe após a vitória por 2 a 0 sobre a Sérvia. "Vou até tomar a minha caipirinha hoje. Vou me permitir isso", brincou. "Estou satisfeito com o estágio evolutivo da equipe", acrescentou o treinador.

Questionado sobre a seca de gols de Gabriel Jesus, Tite defendeu o atacante do Manchester City. "Artilheiro vive de fazer um grande jogo. Por vezes, sobra para ele. Por vezes, sobra para o Thiago Silva, que é zagueiro. Futebol é assim", afirmou.

O técnico elogiou o reserva Roberto Firmino, mas disse que "não consegue trabalhar" mudando o time a cada partida. "Ele foi decisivo nos outros jogos, mas tem compreensão sobre o nosso trabalho", contou Tite. Sobre a gravidade da lesão do lateral-esquerdo Marcelo, admitiu não saber se poderá contar com ele na partida contra os mexicanos, segunda-feira, em Samara.

COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia