Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 27 de junho de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

CORRIGIR

copa 2018

27/06/2018 - 01h03min. Alterada em 27/06 às 01h00min

Notas

O Mundial contará com uma nova bola a partir das oitavas de final, que começa a ser disputado neste sábado. A mudança está na cor. A Telstar 18 deixará de ser branca, cinza e preta e passará a ser branca, preta e vermelha. A gorduchinha ganhará um nome especial: Metchta (que em russo significa sonho).
O Comitê Disciplinar da Fifa puniu os membros da delegação -Georg Behlau e Ulrich Voigt - por violarem o artigo 57 da entidade, que pune o comportamento antidesportivo. Ambos tomaram uma advertência e foram condenados a pagar, cada um, multa de 5 mil francos suíços (R$ 19 mil), após provocarem integrantes do banco da Suécia ao fim da vitória por 2 a 1.
Apesar da eliminação no Mundial com o empate em 1 a 1 com Portugal, o presidente iraniano, Hassan Rouhani, ficou orgulhoso do desempenho da seleção no Mundial. O mandatário exaltou a delegação por ter concretizado os sonhos de uma nação.
Aposentadoria não é um assunto sobre o qual o goleiro Essam El Hadary quer falar no momento. Aos 45 anos, 5 meses e 10 dias, o egípcio se tornou, na segunda-feira, o jogador mais velho a entrar em campo em Copas do Mundo, na derrota por 2 a 1 para a Arábia Saudita.
Depois de torcer, gritar e até mesmo fazer gestos obscenos após a vitória da Argentina por 2 a 1 contra a Nigéria, Maradona passou mal e precisou ser carregado das tribunas da Arena Zenit, em São Petersburgo. Claramente alcoolizado, o ídolo argentino quase caiu nas proximidades das cadeiras.
Ontem, na reapresentação da equipe, um dia depois da vitória por 3 a 0 sobre a Rússia, o zagueiro José Maria Giménez trabalhou novamente em separado do restante do grupo e é dúvida para a partida diante de Portugal, sábado, pelas oitavas de final. O defensor já havia sido vetado do jogo com os russos por um problema muscular. Ele será avaliado diariamente.
 
CORRIGIR
Seja o primeiro a comentar esta notícia