Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 20 de junho de 2018.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

copa 2018

Notícia da edição impressa de 20/06/2018. Alterada em 20/06 às 01h00min

Mudança de técnico está superada, diz craque espanhol

Um dos líderes da seleção da Espanha, Andrés Iniesta afirmou ontem que o elenco já superou o drama envolvendo a saída do treinador Julen Lopetegui, às vésperas da estreia contra Portugal. Com Fernando Hierro já consolidado no comando, a Fúria tentará provar, no jogo contra o Irã, que o pior já passou. A partida ocorre em Kazan a partir das 15h. No momento, os Leões da Pérsia surpreendem e lideram o grupo, após vencerem Marrocos na primeira partida.
"(A saída de Lopetegui) é uma situação que queremos deixar para trás. Foi incômodo, mas já passou, e estamos convictos do que precisamos fazer para seguir adiante (na Copa)", garantiu o meio-campista espanhol. 
O treinador caiu do comando da seleção após firmar acordo com o Real Madrid sem consultar a Federação Espanhola de Futebol, o que foi interpretado pelos dirigentes como uma traição e descompromisso do técnico com o planejamento da Fúria para o Mundial. 
Iniesta também deu moral ao sistema defensivo, que sofreu críticas no empate com Portugal, em especial por falhas do goleiro De Gea. "Encontrar o equilíbrio é tarefa de todos. Temos jogadores que são os melhores do mundo e isso te dá garantias", afirmou.
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia