Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Porto Alegre, quarta-feira, 13 de junho de 2018.
Dia do Turismo / Turista.

Jornal do Comércio

Esportes

COMENTAR | CORRIGIR

campeonato brasileiro

Alterada em 13/06 às 23h34min

Com gol de mão de zagueiro, Botafogo derrota o Atlético-PR no Engenhão por 2 a 0

O Botafogo se despediu de sua torcida com vitória antes da pausa para a Copa do Mundo na Rússia. No estádio do Engenhão, no Rio de Janeiro, bateu o Atlético Paranaense por 2 a 0, nesta quarta-feira, pela 12.ª rodada do Campeonato Brasileiro. O volante Rodrigo Lindoso abriu o placar, de pênalti, e o zagueiro Igor Rabello, com a mão, marcou o segundo gol.
Com o resultado, o Botafogo chegou aos 17 pontos, abrindo vantagem em relação à zona do rebaixamento e sonhando em brigar por objetivos maiores quando o Brasileirão recomeçar. O Atlético Paranaense, com apenas nove, é o 19.º e penúltimo colocado e segue em situação complicada. O Vitória, primeiro time fora da zona da degola, já soma três pontos a mais.
O jogo começou equilibrado e o Botafogo aproveitou melhor as oportunidades criadas para abrir o placar. Aos 33 minutos, o time carioca pressionou e, após bate-rebate dentro da área, a bola tocou no braço do zagueiro Zé Ivaldo. O árbitro brasiliense Rodrigo Batista Raposo marcou pênalti e Rodrigo Lindoso cobrou com força para colocar o time da casa em vantagem.
Ainda na primeira etapa, o Botafogo passou perto de ampliar, mas parou nas boas defesas do goleiro Santos, que inclusive evitou um gol em chute de Leo Valencia e outro em saída cara a cara com Luiz Fernando.
A superioridade dos cariocas seguiu na segunda etapa. Melhor em campo, o Botafogo pressionou até os 26 minutos, quando Igor Rabello marcou um gol polêmico. Leo Valencia cobrou escanteio, Yago ajeitou de cabeça o zagueiro completou com a mão para o fundo do gol.
O Atlético Paranaense ainda tentou descontar nos minutos finais, mas não conseguiu levar perigo ao gol defendido por Jefferson. Sem inspiração, o time visitante conheceu mais uma derrota e segue na zona do rebaixamento.
Após esta rodada, o Brasileirão faz uma pausa e só volta depois da Copa do Mundo. O Botafogo volta a campo no dia 18 de julho, quando visita o Corinthians na Arena Corinthians, em São Paulo. No dia 19, o Atlético Paranaense recebe o Internacional na Arena da Baixada, em Curitiba.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia