Porto Alegre, sexta-feira, 06 de dezembro de 2019.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Responsabilidade Social 2019

COMENTAR | CORRIGIR

Grandes Empresas

Notícia da edição impressa de 06/12/2019. Alterada em 06/12 às 03h00min

CVI Refrigerantes investe no bem-estar coletivo

Empresa já aplicou mais de R$ 3 milhões no terceiro setor da região central do Estado

Empresa já aplicou mais de R$ 3 milhões no terceiro setor da região central do Estado


RODRIGO FEKSA/DIVULGAÇÃO/JC
Com 42 anos de trajetória, a CVI Refrigerantes Ltda., de Santa Maria, fabricante autorizada da marca Coca-Cola, foi a ganhadora da distinção máxima no Prêmio de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, na categoria Grandes Empresas. A companhia possui um longo histórico de ações voltadas ao bem-estar da comunidade.
Com 42 anos de trajetória, a CVI Refrigerantes Ltda., de Santa Maria, fabricante autorizada da marca Coca-Cola, foi a ganhadora da distinção máxima no Prêmio de Responsabilidade Social da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Sul, na categoria Grandes Empresas. A companhia possui um longo histórico de ações voltadas ao bem-estar da comunidade.
O programa CVI Social, que certifica, capacita e investe em instituições sociais, já investiu mais de R$ 3 milhões no terceiro setor da região central do Estado. A ação, criada em 2002, já apoiou mais de 200 projetos ao longo de seus 17 anos de atuação. A cada edição, 20 bolsas de
R$ 15 mil são destinadas a projetos de alto impacto social, além do oferecimento de capacitações sobre temas importantes para a realidade das organizações da região.
Outra iniciativa, o projeto Coletivo Jovem, já capacitou mais de 1,3 mil jovens gaúchos para o mercado de trabalho. O programa é uma iniciativa do Instituto Coca-Cola Brasil, presente em mais de 90 cidades brasileiras, com o objetivo de conectar jovens a oportunidades de emprego. Realizado em Santa Maria em parceria com a CVI Refrigerantes e com o apoio da ONG Projeto Nações em Ação, o coletivo promove a capacitação e desenvolvimento profissional, com foco em quatro trilhas de conhecimento: comunicação, marketing, vendas e produção de eventos. Para participar é preciso ter entre 16 e 25 anos e estar cursando ou já ter concluído o Ensino Médio. O curso tem duração de dois meses, com aulas duas vezes por semana.
Em sala de aula, o método de ensino abrange não só conteúdos sobre temas e orientações comportamentais, mas também aplicações lúdicas e exercícios práticos, nos quais os jovens conseguem executar a teoria aprendida. O curso oferece ainda um workshop que permite que os participantes conheçam de perto o mercado de trabalho, através da ótica de profissionais mais experientes, e entendam a importância da qualificação e do desenvolvimento de competências profissionais essenciais para quem quer conquistar o primeiro emprego. "Buscamos constantemente o desenvolvimento do mercado e da sociedade como um todo. Quando ajudamos a comunidade a se desenvolver, nos desenvolvemos junto com ela", ressalta o presidente da CVI Refrigerantes Ltda., Emerson Vontobel.
Os esforços com a segurança e com o meio ambiente também são diferenciais que garantiram à CVI o troféu. Nos últimos cinco anos, a fabricante de bebidas investiu mais de
R$ 5 milhões em aprimoramentos, equipamentos de proteção individual e treinamentos para seus colaboradores. Dos resíduos gerados pela empresa, aproximadamente 95% são reciclados. A própria estrutura física do complexo industrial é uma comprovação do comprometimento com o tema: a construção do Prédio Verde (ecossustentável) proporcionou a redução de 36% no consumo de água potável e reaproveitamento de 33 mil litros de água da chuva.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE

Editor-Chefe: Guilherme Kolling | Produção: Fernanda Crancio | Reportagem: Claudio Medaglia | Projeto gráfico e diagramação: Luís Gustavo S. Van Ondeheusden | Revisão: Rafaela Milara