Porto Alegre, sexta-feira, 18 de janeiro de 2019.

Jornal do Comércio

COMENTAR | CORRIGIR

ENSINO

Notícia da edição impressa de 18/01/2019. Alterada em 18/01 às 10h17min

Parcerias com instituições são trunfo da UniRitter

Procura cresce em função da competitividade, diz Schwartz

Procura cresce em função da competitividade, diz Schwartz


UNIRITTER/DIVULGAÇÃO/JC
João Dienstmann
Espalhados pelos quatro campi da universidade em Porto Alegre e Canoas, os cursos de pós-graduação oferecidos pela UniRitter prometem diferenciais em relação aos demais concorrentes no mercado de Ensino Superior. Conforme o reitor da instituição, Germano Schwartz, os 2,5 mil alunos matriculados nos 40 cursos ofertados têm à disposição, dentro da grade curricular, experiências diferenciadas, como parcerias com instituições relevantes da Capital, bem como acesso a palestras e eventos com personalidades inseridas no mercado.
Nesse sentido, Schwartz cita dois exemplos de cursos voltados à área da saúde. A especialização em Fisioterapia Hospitalar e Terapia Intensiva é moldada juntamente com a Santa Casa de Porto Alegre. Das 500 horas previstas de aula, 100 delas são realizadas no complexo hospitalar, com foco na prática. Além disso, outro curso com colaboração entre entidade e universidade é a especialização em cirurgia de gatos, cães e animais silvestres, voltado, principalmente, aos formados em Medicina Veterinária. A UniRitter firmou parceria para que os alunos pudessem ter as aulas práticas no Hospital Veterinário de Porto Alegre, também conhecido como Unidade de Saúde Animal Victória, inaugurado no ano passado. "Queremos sempre trazer excelência no ensino aos nossos alunos. O Hospital Veterinário tem uma estrutura superior, até mesmo se comparado com clínicas particulares", afirma o reitor.
Também nesse viés, a universidade conta com programas para levar até os campi profissionais que são referências nas suas áreas de atuação, a fim de conversarem com alunos e exporem um pouco da rotina, debatendo temas relevantes e gerando aproximação entre ambos. A necessidade de buscar uma especialização, um mestrado ou um doutorado tem sido cada vez maior, na visão de Schwartz, sobretudo em função da competitividade do mercado. "Na maioria das áreas, não basta você ter apenas a graduação. O que torna diferente o aluno é o foco em uma atividade, e isso a pós-graduação trabalha muito bem", identifica.
O investimento em inovação também é um dos marcos da instituição. Inaugurado em 2018, o campus no Shopping Iguatemi traz novidades em relação ao que já existia nas outras unidades. A possibilidade de montar uma sala de aula diferente, com os mesmos equipamentos nela existentes, bem como liberar aos alunos que façam anotações em qualquer ponto do ambiente, unidos a um processo pedagógico diferenciado é um dos trunfos para "atrair talentos", como define o reitor. Nesse campus, estão mais presentes as pós-graduações voltadas à área tecnológica, como em Data Science e Big Data - pioneiro no Estado -, além de um Hub de Inovação. "Podemos afirmar que são um sucesso os cursos de pós no Iguatemi. Tivemos um retorno muito positivo dos alunos sobre o ambiente de ensino. Não é apenas uma sala de aula em um shopping", explica o reitor. Atualmente, a universidade disponibiliza 15 cursos de pós-graduação oferecidos nesse campus.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

Faça aqui a sua pesquisa por área ou instituição de ensino

Pesquisa por palavra-chave:

Instituição:


Área:


Tipo de curso:











Base de dados com 1043 cursos de 31 instituições no Rio Grande do Sul.


EXPEDIENTE

Editor-Chefe: Guilherme Kolling | Editora Cadernos Especiais: Ana Fritsch | Produção: Fernanda Crancio / Reportagem: João Dienstmann | Pesquisa de cursos: Melissa Renz | Website: Thiago Machado, Paulo Serpa Antunes e i94.Co. - Jornal do Comércio