Porto Alegre, domingo, 30 de janeiro de 2022.
Porto Alegre,
domingo, 30 de janeiro de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

OAB

- Publicada em 30/01/2022 às 17h20min.

Conselheiros se reúnem nesta segunda para ratificar novo presidente da OAB

Beto Simonetti é natural de Manaus, e formado pela Universidade Federal do Amazonas

Beto Simonetti é natural de Manaus, e formado pela Universidade Federal do Amazonas


INSTAGRAM/DIVULGAÇÃO/JC
O secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Beto Simonetti, deve assumir a presidência da entidade na próxima terça-feira, 1º de fevereiro. Ele encabeça a única chapa inscrita para disputar as eleições internas. Um dia antes, na segunda-feira (31), os 81 conselheiros federais devem ratificar o nome do advogado em uma reunião no plenário da OAB Nacional, em Brasília.
O secretário-geral da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Beto Simonetti, deve assumir a presidência da entidade na próxima terça-feira, 1º de fevereiro. Ele encabeça a única chapa inscrita para disputar as eleições internas. Um dia antes, na segunda-feira (31), os 81 conselheiros federais devem ratificar o nome do advogado em uma reunião no plenário da OAB Nacional, em Brasília.
"O momento é de união e diálogo. Queremos construir pautas capazes de unir a advocacia. A OAB tem que dialogar com todas as instituições, com todos os Poderes. Minha proposta é uma gestão independente, inclusiva e participativa. Nossa principal missão será olhar para o dia a dia do advogado, que exerce uma profissão essencial ao estado de direito e ao devido processo legal", afirma Simonetti.
Natural de Manaus, Simonetti é advogado criminalista e pós-graduado em Direito Penal e Processo Penal pela Universidade Federal do Amazonas (UFAM).
Foi eleito cinco vezes conselheiro federal da OAB pelo Estado e, ao longo dos mandatos, passou pelos cargos de diretor-geral da Escola Nacional da Advocacia, corregedor-geral adjunto, ouvidor-geral do sistema OAB e o atual, de secretário-geral do Conselho Federal.
Uma de suas principais atuações foi pela aprovação do projeto que deu origem à Lei de Abuso de Autoridade.
O advogado tem ascendência no Direito: seu pai, Alberto Simonetti Cabral Filho, foi quatro vezes presidente da seccional da OAB no Amazonas e seu irmão, Alberto Simonetti Cabral Neto, foi conselheiro federal e também presidiu a seccional amazonense.
Beto Simonetti vai substituir Felipe Santa Cruz, que chega ao fim de um mandato combativo contra o presidente da República, Jair Bolsonaro, sobretudo pela gestão da pandemia, e agora tem planos para se lançar candidato a governador do Rio de Janeiro.
Agência Estado
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO