Porto Alegre, sexta-feira, 31 de agosto de 2018.
Dia do Nutricionista.

Jornal do Comércio

COMENTAR | CORRIGIR

EXPONOTAS

Notícia da edição impressa de 31/08/2018. Alterada em 30/08 às 00h00min

Mineiro vende todo queijo maturado em cave

Eduardo Melo ostenta o queijo que é maturado em cave e esgotou na feira este ano

Eduardo Melo ostenta o queijo que é maturado em cave e esgotou na feira este ano


PATRÍCIA COMUNELLO/ESPECIAL/JC
Os queijos mineiros repetem o sucesso que já haviam experimentado na edição de 2017 da Expointer. Desta vez foi um queijo maturado por mais de 90 dias em caverna e em ambiente com 93% de umidade, produzido na região do Serro. Cada peça foi vendida entre R$ 50,00 e R$ 60,00, e o dono da Queijaria Vitória, Eduardo Melo, não conseguiu dar conta da procura. Das 500 peças no total, ele praticamente não tinha mais nenhuma no quinto dia da feira. O volume trazido este ano foi mais que o dobro de 2017, quando Melo veio pela primeira vez. "Virou novidade aqui porque os gaúchos não conhecem variedade com grande maturação", valorizou o queijeiro. Uma característica é usar leite cru, coalho e prensado à mão, que tem três séculos de tradição em Minas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia