Porto Alegre, sexta-feira, 14 de janeiro de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 14 de janeiro de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 14/01/2022 às 17h44min.

Rio Grande do Sul registra mais 10,5 mil novos casos de Covid-19

Doença já fez mais de 36,5 mil vítimas fatais no Estado, mas segundo o boletim da Saúde os óbitos seguem "estáveis", apesar do avanço da Ômicron

Doença já fez mais de 36,5 mil vítimas fatais no Estado, mas segundo o boletim da Saúde os óbitos seguem "estáveis", apesar do avanço da Ômicron


MARCIO JAMES/AFP/JC
O Boletim da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul (SES) desta quarta-feira aponta aumento de 10.594 casos de Covid-19 no Estado. Somando os cinco óbitos registrados neste dia, o número de vítimas fatais desde o início da pandemia ultrapassa 36,5 mil pessoas. Ao todo, 1.555.404 foram infectados em solo gaúcho e o número de recuperados no período de 22 meses é de 1.469.765.
O Boletim da Secretaria de Saúde do Rio Grande do Sul (SES) desta quarta-feira aponta aumento de 10.594 casos de Covid-19 no Estado. Somando os cinco óbitos registrados neste dia, o número de vítimas fatais desde o início da pandemia ultrapassa 36,5 mil pessoas. Ao todo, 1.555.404 foram infectados em solo gaúcho e o número de recuperados no período de 22 meses é de 1.469.765.
Nesta quarta, o maior número de notificações ocorreu na Capital, com 1.662 registros de positivados. Além de Porto Alegre, também Caxias do Sul conta com mais de mil casos em um só dia: 1008, mais especificamente. Dentre os casos confirmados na totalidade de municípios do Estado, no decorrer dos últimos 22 meses foram contaminados 39.642 profissionais da Saúde, 30.234 imigrantes e 1.889 pessoas privadas de liberdade.
Ainda segundo o boletim diário da SES, em todo território gaúcho a média é de 13.671,2 contaminados para cada 100 mil habitantes. Do total de infectados pelo novo coronavírus, 7% necessitaram de hospitalização por Síndrome Respiratória Aguda Grave (SRAG). Foram 114.693 hospitalizações nos últimos 22 meses. A média de mortes está em 320,8 pessoas a cada 100 mil em todo o Estado.
Atualmente, a taxa de ocupação de leitos nas UTIs está em 52,5%, com 1.674 pacientes em 3.190 leitos de unidade de tratamento intensivo. Deste total, 185 estão ocupados por internos positivados para a Covid-19.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO