Porto Alegre, sábado, 02 de outubro de 2021.
Dia Internacional do Notário.
Porto Alegre,
sábado, 02 de outubro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 02/10/2021 às 21h32min.

Brasil registra 457 mortes por Covid em 24 horas e supera 597 mil óbitos

Média móvel de mortes permanece em estabilidade (sem crescimentos ou reduções acima de 15%)

Média móvel de mortes permanece em estabilidade (sem crescimentos ou reduções acima de 15%)


Amazônia Real/Fotos Públicas/JC
O Brasil registrou 457 mortes por Covid e 12.743 casos da doença, neste sábado (2). Com isso, o País chegou a 597.749 vidas perdidas e a 21.456.504 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.
O Brasil registrou 457 mortes por Covid e 12.743 casos da doença, neste sábado (2). Com isso, o País chegou a 597.749 vidas perdidas e a 21.456.504 pessoas infectadas pelo Sars-CoV-2 desde o início da pandemia.
Amapá, Goiás e Rondônia não divulgaram os números da Covid neste sábado. Ao menos 10 estados estão enfrentando problemas para contabilizar os casos de Covid-19 em razão de uma atualização no sistema do Ministério da Saúde feita há três semanas. Isso levou a um represamento dos dados e pode prejudicar o monitoramento da pandemia.
A média móvel de mortes permanece em estabilidade (sem crescimentos ou reduções acima de 15%) e agora é de 500 óbitos por dia. Na sexta (1º), ela era de 513.
Já a média móvel de casos teve uma queda de 52% em relação aos dados de duas semanas atrás e agora é de 16.533. Vale relembrar aqui os problemas de contabilização de casos, o que elevou recentemente a média de infecções para mais de 30 mil pessoas infectadas por dia.
Os dados do país, coletados até 20h, são fruto de colaboração entre Folha, UOL, O Estado de S. Paulo, Extra, O Globo e G1 para reunir e divulgar os números relativos à pandemia do novo coronavírus. As informações são recolhidas pelo consórcio de veículos de imprensa diariamente com as Secretarias de Saúde estaduais.
Os dados da vacinação contra a Covid-19, também coletados pelo consórcio, foram atualizados nos 26 estados e no Distrito Federal.
O Brasil registrou 993.700 doses de vacinas contra Covid-19, neste sábado. De acordo com dados das secretarias estaduais de Saúde, foram 277.764 primeiras doses e 715.936 segundas. Também foram registradas 536 doses únicas e 70.362 doses de reforço.
Ao todo, 147.317.233 pessoas receberam pelo menos a primeira dose de uma vacina contra a Covid no Brasil -93.271.450 delas já receberam a segunda dose do imunizante.
Somadas as doses únicas da vacina da Janssen contra a Covid, já são 93.271.450 pessoas com esquema vacinal completo no país.
Com isso, 93,33% da população com mais de 18 anos já recebeu ao menos uma dose (nesse caso, a 1ª dose de alguma vacina ou o imunizante de dose única) e 57,10% (também com mais de 18 anos) recebeu as duas doses recebidas ou a dose única da Janssen. Mesmo quem completou o esquema vacinal com as duas doses deve manter cuidados básicos, como uso de máscara e distanciamento social, afirmam especialistas.
A iniciativa do consórcio de veículos de imprensa ocorreu em resposta às atitudes do governo Jair Bolsonaro (sem partido), que ameaçou sonegar dados, atrasou boletins sobre a doença e tirou informações do ar, com a interrupção da divulgação dos totais de casos e mortes. Além disso, o governo divulgou dados conflitantes.
Folhapress
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO