Porto Alegre, sábado, 19 de junho de 2021.
Dia do Cinema Brasileiro.
Porto Alegre,
sábado, 19 de junho de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 15h22min, 19/06/2021.

Rio Grande do Sul tem 5.505 novos casos de Covid-19

Com 86,9% da capacidade ocupada em todo Estado, UTIs gaúchas têm a maioria dos pacientes portadores do novo coronavírus

Com 86,9% da capacidade ocupada em todo Estado, UTIs gaúchas têm a maioria dos pacientes portadores do novo coronavírus


Silvio Ávila/AFP/JC
Com 5.505 notificações de positivados para a Covid-19 neste sábado (19), o Rio Grande do Sul já soma 1.181.872 contaminados desde o início da pandemia, em março de 2020. Segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), a maior incidência de novos casos confirmados ocorreu em Caxias do Sul (454 notificações), Vacaria (353) e Porto Alegre (343). 
Com 5.505 notificações de positivados para a Covid-19 neste sábado (19), o Rio Grande do Sul já soma 1.181.872 contaminados desde o início da pandemia, em março de 2020. Segundo boletim divulgado pela Secretaria Estadual de Saúde (SES), a maior incidência de novos casos confirmados ocorreu em Caxias do Sul (454 notificações), Vacaria (353) e Porto Alegre (343). 
Também foram registradas 96 mortes por conta do novo coronavírus, levando o Estado a contabilizar um total de 30.372 óbitos em decorrência da doença. Em paralelo, o número de recuperados desde março do ano passado é de 1.128.061 (95%), enquanto outros 23.356 (2%) seguem em acompanhamento.
Dentre os infectados pela doença, 33.975 são profissionais da Saúde, 23.535 são imigrantes e 1.604 são pessoas privadas de liberdade. Ao longo da pandemia, a Covid-19 provocou 94.280 hospitalizações em território gaúcho, e atualmente a taxa de ocupação das UTIs é de 86,9% - com maioria dos pacientes positivados para a doença. Ao todo, 1.815 dos 2.952 internados em 3.396 leitos de unidades de tratamento intensivo são portadores do novo coronavírus.
Comentários CORRIGIR TEXTO
Conteúdo Publicitário