Porto Alegre, terça-feira, 06 de abril de 2021.
Porto Alegre,
terça-feira, 06 de abril de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 18h14min, 06/04/2021. Atualizada em 18h18min, 06/04/2021.

Movimento Vacina Já fará ato em frente ao Piratini para pedir agilidade na vacinação

Movimento, presente em diversas regiões do Estado, cobra rapidez e ampliação da imunização

Movimento, presente em diversas regiões do Estado, cobra rapidez e ampliação da imunização


REPRODUÇÃO/JC
Yasmim Girardi
O Movimento Vacina Já RS realizará um ato simbólico nesta quarta-feira (7), às 11h, em frente ao Palácio Piratini, em Porto Alegre, para sensibilizar as autoridades da necessidade de agilizar o processo de vacinação contra a Covid-19. O Movimento defende a ampliação do número de doses e vacinas oferecidas, para garantir a imunização gratuita de toda a população gaúcha.
O Movimento Vacina Já RS realizará um ato simbólico nesta quarta-feira (7), às 11h, em frente ao Palácio Piratini, em Porto Alegre, para sensibilizar as autoridades da necessidade de agilizar o processo de vacinação contra a Covid-19. O Movimento defende a ampliação do número de doses e vacinas oferecidas, para garantir a imunização gratuita de toda a população gaúcha.
Na ocasião, um manifesto com assinaturas de todas as entidades que integram o coletivo será entregue a representantes do governo do Estado e da Assembleia Legislativa. A data do ato foi escolhida por marcar o Dia Mundial da Saúde. No decorrer do dia, outras atividades de visibilidade vão acontecer em diversos municípios que participam do movimento.
A presidente da Câmara de Vereadores de São Leopoldo e idealizadora do Movimento Vacina Já, Ana Affonso, acredita que a ação é necessária, diante da lentidão da vacinação no Estado. “O Dia Mundial da Saúde é para nós um grito pela vida. Estaremos em frente aos Poderes de decisão do Estado, exigindo providências. Precisamos acelerar o plano de imunização. O ato é muito importante porque, se ficarmos de braços cruzados assistindo a essa tragédia, nada vai mudar”, declara.
A coordenação estadual do Movimento alerta aos participantes da necessidade de que sejam respeitados todos os protocolos sanitários e as orientações dos organismos de saúde, incluindo o uso de máscara e álcool gel, além da obrigatoriedade de manter o distanciamento entre as pessoas e de não realizar qualquer tipo de aglomeração.
Comentários CORRIGIR TEXTO