Porto Alegre, terça-feira, 02 de março de 2021.
Dia Nacional do Turismo.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 02 de março de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 19h17min, 02/03/2021. Atualizada em 19h18min, 02/03/2021.

RS pede que casos de baixa complexidade da Covid sejam atendidos nas unidades de saúde básica

Secretaria da Saúde alerta para necessidade de desafogar os atendimentos em emergências

Secretaria da Saúde alerta para necessidade de desafogar os atendimentos em emergências


SILVIO AVILA/AFP/JC
Em pronunciamento por meio de vídeo, na tarde desta terça-feira (2), a secretária da Saúde do Estado, Arita Bergmann, alertou para a importância da atenção primária em saúde e o envolvimento da rede básica no enfrentamento à pandemia. Segundo a gestora, as unidades de saúde devem estar abertas para atender aos casos menos complexos da Covid-19 e evitar que pacientes busquem atendimentos nas emergências.
Em pronunciamento por meio de vídeo, na tarde desta terça-feira (2), a secretária da Saúde do Estado, Arita Bergmann, alertou para a importância da atenção primária em saúde e o envolvimento da rede básica no enfrentamento à pandemia. Segundo a gestora, as unidades de saúde devem estar abertas para atender aos casos menos complexos da Covid-19 e evitar que pacientes busquem atendimentos nas emergências.
O apelo veio em meio ao agravamento, desde a semana passada, do cenário da pandemia no Rio Grande do Sul. Com todas as regiões em bandeira preta no distanciamento controlado e restrições de atividades, o RS atingiu nesta terça a marca de 100% de ocupação de leitos de UTI, o que reforça o esgotamento dos hospitais gaúchos.
 {'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/03/02/206x137/1_16224bd4_edc7_4744_abdc_709a1e9fa4bc-9261667.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'603eb5f4678ca', 'cd_midia':9261667, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2021/03/02/16224bd4_edc7_4744_abdc_709a1e9fa4bc-9261667.jpg', 'ds_midia': 'Secretária da Saúde, Arita Bergmann, e presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Maicon Lemos, fazem um apelo para que rede básica da saúde do Estado atenda casos menos complexos de Covid-19', 'ds_midia_credi': 'PALÁCIO PIRATINI/REPRODUÇÃO/JC', 'ds_midia_titlo': 'Secretária da Saúde, Arita Bergmann, e presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Maicon Lemos, fazem um apelo para que rede básica da saúde do Estado atenda casos menos complexos de Covid-19', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '449', 'align': 'Left'}Secretária Arita pediu ampliação dos atendimentos na rede básica, para evitar sobrecarga dos hospitais. Crédito: Reprodução/JC
"Lançamos ontem uma nota de alerta chamando a atenção para que toda a nossa rede precisa cumprir o seu papel no acolhimento da população, fazendo com que os casos de menor complexidade, e em que a população precise de atendimento, a rede básica esteja disponível, ampliando suas estruturas e seu horário de atendimento", destacou Arita.
Aos prefeitos, o presidente do Conselho das Secretarias Municipais de Saúde (Cosems), Maicon Lemos, ressaltou ainda a necessidade de estender os horários de atendimento de toda a rede básica da saúde, inclusive aos finais de semana, para evitar a sobrecarregar das emergências e UPAS. "Toda a ajuda é indispensável nesse momento, por isso o apelo à atenção básica do RS", completou.
Comentários CORRIGIR TEXTO