Porto Alegre, sexta-feira, 29 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 29 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 20h17min, 29/01/2021. Atualizada em 20h24min, 29/01/2021.

Anvisa recebe pedido de registro definitivo da vacina de Oxford/AstraZeneca

Brasil já recebeu 2 milhões de doses da vacina, mas que foram produzidas na Índia

Brasil já recebeu 2 milhões de doses da vacina, mas que foram produzidas na Índia


GEOFF CADDICK/AFP/JC
A Anvisa informou nesta sexta-feira (29) que recebeu o pedido de registro definitivo da vacina de Oxford/AstraZeneca. O imunizante tinha até agora o aval apenas para uso emergencial. O imunizante será produzido pela Fiocruz.
A Anvisa informou nesta sexta-feira (29) que recebeu o pedido de registro definitivo da vacina de Oxford/AstraZeneca. O imunizante tinha até agora o aval apenas para uso emergencial. O imunizante será produzido pela Fiocruz.
Segundo a agência, a nova condição, quando autorizada, permitirá que as doses sejam comercializadas, distribuídas e utilizadas pela população.
"O registro definitivo é a avaliação completa com dados mais robustos dos estudos de qualidade, eficácia e segurança, bem do plano de mitigação dos riscos e da adoção das medidas de monitoramento", explicou a Anvisa, em nota em seu site.
As primeiras remessas da vacina chegaram na sexta-feira (22), vindas da Índia, onde um laboratório contratado pela AstraZeneca fez a produção. O Rio Grande do Sul recebeu 116 mil doses
Comentários CORRIGIR TEXTO