Porto Alegre, terça-feira, 05 de janeiro de 2021.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 05 de janeiro de 2021.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 15h43min, 05/01/2021.

Isolado, Mourão se recupera da Covid-19 e deve retomar atividades, diz assessoria

Por recomendação médica, Mourão passou por exames e apresentou resultados normais

Por recomendação médica, Mourão passou por exames e apresentou resultados normais


Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasilia/Divulgação/JC
Diagnosticado com Covid-19 no dia 27, o vice-presidente Hamilton Mourão segue em isolamento no Palácio do Jaburu e passa bem, segundo a assessoria dele em nota divulgada nesta terça-feira (5). Por recomendação médica, Mourão passou por exames e apresentou resultados normais.
Diagnosticado com Covid-19 no dia 27, o vice-presidente Hamilton Mourão segue em isolamento no Palácio do Jaburu e passa bem, segundo a assessoria dele em nota divulgada nesta terça-feira (5). Por recomendação médica, Mourão passou por exames e apresentou resultados normais.
Ele deve retornar "em breve" ao expediente normal. "(Mourão) segue com programa de exercícios respiratórios, orientados por uma fisioterapeuta, conforme está previsto nesta fase de recuperação. O vice-presidente da República permanece em isolamento na residência oficial do Jaburu e, em breve, retornará às atividades normais", relatou o comunicado.
Desde o diagnóstico positivo para o novo coronavírus, o vice-presidente está isolado no Jaburu. Em maio, Mourão também ficou em quarentena após ter tido contato com um funcionário infectado pela Covid. Na época, o teste deu negativo para a doença e, então, o vice retomou os trabalhos presenciais no Palácio do Planalto. O diagnóstico no dia 27 ocorreu após sintomas de dor e febre de 38 graus. Em boletins anteriores, a Vice-Presidência informou que o tratamento de Mourão incluiu os medicamentos hidroxicloroquina, Annita, azitromicina e remédios para dor e febre.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO