Porto Alegre, segunda-feira, 07 de dezembro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 07 de dezembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

saúde

- Publicada em 18h28min, 07/12/2020.

Governo gaúcho reativa 190 leitos de UTI para enfrentar piora da pandemia

Vagas serão distribuídas em hospitais das sete macroregiões do Estado

Vagas serão distribuídas em hospitais das sete macroregiões do Estado


TIZIANA FABI/AFP/JC
Mais 190 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) serão reativados e implementados no Rio Grande do Sul ainda em dezembro, para ajudar no enfrentamento à pandemia do coronavírus. As vagas serão distribuídas em hospitais das sete macroregiões do Estado, informou o governo gaúcho nesta segunda-feira (7) . 
Mais 190 leitos de Unidades de Terapia Intensiva (UTIs) serão reativados e implementados no Rio Grande do Sul ainda em dezembro, para ajudar no enfrentamento à pandemia do coronavírus. As vagas serão distribuídas em hospitais das sete macroregiões do Estado, informou o governo gaúcho nesta segunda-feira (7) . 
Em março, quando foram registrados os primeiros casos da Covid-19, a rede hospitalar do Rio Grande do Sul contava com 933 leitos de UTI Adulto. Desde então, o número foi ampliado com 951 novas vagas, chegando a 1.884 leitos na rede pública hospitalar. Com os novos leitos que devem entrar em funcionamento em dezembro, o aumento na capacidade instalada chegará a 113%.
A Secretaria Estadual de Saúde (SES) comprou conjuntos de 230 respiradores e monitores por meio de pregão eletrônico, no valor de R$ 17 milhões, para equipar os hospitais. Do Ministério da Saúde foram recebidos 853 equipamentos.
Comentários CORRIGIR TEXTO