Porto Alegre, domingo, 25 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
domingo, 25 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Uruguai

- Publicada em 22h53min, 24/10/2020. Atualizada em 11h45min, 25/10/2020.

Uruguai eleva controle entre Livramento e Rivera após novos casos de Covid-19

Militares do Exército uruguaio medem temperatura de brasileiros que entram em Rivera

Militares do Exército uruguaio medem temperatura de brasileiros que entram em Rivera


MARCELO PINTO/DIVULGAÇÃO/JC
O Uruguai intensificou as barreiras sanitárias no acesso de Santana do Livramento, em território gaúcho, e Rivera, na fronteira do Brasil com o vizinho uruguaio. A medida foi acionada após a confirmação de novos casos de Covid-19 na cidade uruguaia, território de free shops, que atraem muitos turistas.
O Uruguai intensificou as barreiras sanitárias no acesso de Santana do Livramento, em território gaúcho, e Rivera, na fronteira do Brasil com o vizinho uruguaio. A medida foi acionada após a confirmação de novos casos de Covid-19 na cidade uruguaia, território de free shops, que atraem muitos turistas.
Militares do país adotaram neste sábado (24) a aferição de temperatura em quem acessa de carro a cidade. Apenas casos que apresentam indicação de febre ou sintomas gripais não entram. Brasileiros só podem entrar para compras nas lojas. Não é permitido fazer turismo no Uruguai. A proibição de ingresso de brasileiros vale para todos os modais - terrestre, hidroviário e aéreo desde março, no começo da pandemia. 
Segundo o Ministério de Saúde Pública uruguaio, foram confirmados 21 casos do novo coronavírus em Rivera entre sexta-feira (23) e este sábado. A cidade é a segunda em mais casos, atrás apenas da capital Montevidéu.
Em todo o país, foram 107 novos registros em dois dias. O Uruguai soma 2,8 mil casos em sete meses de pandemia, com 53 mortes. Somente o Rio Grande do Sul já ultrapassou 234 mil casos, com 5.581 óbitos.
Santana do Livramento tem quase 600 casos e seis mortes desde março. O município tem bandeira laranja e aparece no mapa preliminar com a mesma cor, indicando risco médio. Nessa sexta-feira, foram dois novos casos.  
A Argentina anunciou que vai liberar o tráfego aéreo com o Brasil a partir de 2 de novembro. A medida engloba ainda Paraguai, Uruguai, Bolívia e Chile. No caso do Uruguai, vai ser possível usar a conexão de barco pelo serviço Buquebus, que liga Montevidéu e Sacramento a Buenos Aires.  
O fluxo brasileiro ao Uruguai pode ser liberado em dezembro. Manifestações de autoridades do país em recente reunião com o governo gaúcho e Assembleia Legislativa sinalizam para este prazo. 
Viagens de brasileiros ao país agora não são possíveis. Companhias aéreas como a Azul só aguardam a confirmação da liberação do tráfego para começar a ofertar passagens, que deve ocorrer em dezembro.
Comentários CORRIGIR TEXTO