Porto Alegre, quarta-feira, 02 de setembro de 2020.
Dia do Repórter Fotográfico.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
quarta-feira, 02 de setembro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

saúde

- Publicada em 21h22min, 02/09/2020.

Brasil tem 123,7 mil mortes e 3,99 milhões de casos de Covid-19

Há 2.658 falecimentos em investigação no País

Há 2.658 falecimentos em investigação no País


Camila Surian/Arte/JC
O Brasil chegou a 123.780 mortes em função da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 1.184 novos óbitos pela Covid-19. Os dados forma divulgados pelo Ministério da Saúde durante entrevista coletiva para apresentar os dados do boletim epidemiológico sobre a doença. Ontem, o painel do ministério marcava 122.596 óbitos. Há 2.658 falecimentos em investigação.
O Brasil chegou a 123.780 mortes em função da pandemia do novo coronavírus. Nas últimas 24 horas, as autoridades de saúde registraram 1.184 novos óbitos pela Covid-19. Os dados forma divulgados pelo Ministério da Saúde durante entrevista coletiva para apresentar os dados do boletim epidemiológico sobre a doença. Ontem, o painel do ministério marcava 122.596 óbitos. Há 2.658 falecimentos em investigação.
De acordo com o balanço da pasta, o número de acasos acumulados alcançou 3.997.865. Entre terça e esta quarta-feira, as secretarias estaduais de saúde identificaram 46.934 novas pessoas infectadas. Ontem, o sistema de dados sobre a pandemia trazia 3.950.931 casos desde o início da pandemia.
Ainda de acordo com a atualização, 663.680 pessoas estão em acompanhamento e outras 3.210.405 já se recuperaram.
Os estados com mais morte são: São Paulo (30.673), Rio de Janeiro(16.315), Ceará (8.480), Pernambuco (7.656) e Pará (6.201). As Unidades da Federação com menos óbitos são: Roraima (595), Acre (618), Amapá (668), Tocantins (701) e Mato Grosso do Sul (903).
Agência Brasil
Comentários CORRIGIR TEXTO