Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 10h05min, 10/08/2020. Atualizada em 10h05min, 10/08/2020.

Porto Alegre tem 331 pacientes em UTIs com Covid-19

Capital chegou a 347 pessoas em leitos intensivos na sexta-feira (4)

Capital chegou a 347 pessoas em leitos intensivos na sexta-feira (4)


MAICON HINRICHSEN/SECOM/JC
A situação das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) em Porto Alegre segue crítica. Na manhã desta segunda-feira (10) a lotação das áreas para tratamento de pacientes críticos era de 90,3% - 730 pacientes para 823 vagas. No Hospital Moinhos de Vento, a lotação era total, com todos os 63 leitos estando ocupados, sendo 38 deles por pessoas com diagnóstico confirmado para Covid-19.
A situação das Unidades de Tratamento Intensivo (UTIs) em Porto Alegre segue crítica. Na manhã desta segunda-feira (10) a lotação das áreas para tratamento de pacientes críticos era de 90,3% - 730 pacientes para 823 vagas. No Hospital Moinhos de Vento, a lotação era total, com todos os 63 leitos estando ocupados, sendo 38 deles por pessoas com diagnóstico confirmado para Covid-19.
Em meio às indefinições acerca da abertura ou não do comércio da cidade – as atividades da construção civil voltaram nesta segunda-feira -, a Capital vê o número de pacientes com o novo coronavírus hospitalizados em leitos intensivos se manter alto. Eram 331 nesta manhã, total um pouco inferior ao contabilizado no domingo (9), quando chegou a 336. Além disso, outras 27 pessoas estavam internadas em UTIs com suspeita de contaminação pelo vírus.
No Hospital de Clínicas de Porto Alegre, instituição com a maior estrutura disponibilizada para o atendimento de pacientes com Covid-19 – são 162 leitos intensivos – a lotação chega a 90,6%, com 145 pacientes internados, sendo 89 com Covid-19. No Hospital Conceição, a ocupação chega a 94,6% (71 pacientes em 75 leitos, sendo 34 com o novo coronavírus), enquanto na Santa Casa de Misericórdia, é de 87,4% (125 pessoas em 143 leitos, sendo 73 delas com Covid-19)
No Rio Grande do Sul, a taxa de ocupação de leitos em unidades intensivas é de 77,4%, com 1.895 das 2.447 vagas ocupadas. O índice é o maior dos últimos 15 dias. No domingo, era de 76,9%. Do total de pessoas internadas, 715 o estão em razão do novo coronavírus e outros 221 possuem suspeita de contágio pela doença.
Entre os leitos privados, a lotação é maior do que a geral, chegando a 83% (591 das 712 vagas ocupadas). Pelo Sistema Único de Saúde (SUS), são 1.304 dos 1.735 leitos ocupados (75,2% de lotação).
Comentários CORRIGIR TEXTO