Porto Alegre, sábado, 20 de junho de 2020.
Início do Inverno.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 20 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

20/06/2020 - 10h10min. Alterada em 20/06 às 10h23min

RS tem quase 20 mil casos de Covid-19; cresce expectativa sobre novo mapa de bandeiras

Há chance de que Porto Alegre possa entrar na vermelha, com mais fechamento de lojas

Há chance de que Porto Alegre possa entrar na vermelha, com mais fechamento de lojas


MARCO QUINTANA/JC
O Rio Grande do Sul deve ultrapassar neste fim de semana, se for mantido o ritmo de crescimento, os 20 mil casos de Covid-19. Nesta sexta-feira (19), a pandemia chegou a 19,5 mil registros. A expectativa neste sábado (20) é para a divulgação das bandeiras do distanciamento controlado no Estado. Há grande chance de que Porto Alegre e região possam entrar na vermelha, que impõe fechamento geral do comércio e restrições a serviços. 
O Rio Grande do Sul deve ultrapassar neste fim de semana, se for mantido o ritmo de crescimento, os 20 mil casos de Covid-19. Nesta sexta-feira (19), a pandemia chegou a 19,5 mil registros. A expectativa neste sábado (20) é para a divulgação das bandeiras do distanciamento controlado no Estado. Há grande chance de que Porto Alegre e região possam entrar na vermelha, que impõe fechamento geral do comércio e restrições a serviços. 
O Estado chegou a 425 mortes e mais de 14 mil recuperados, segundo atualização estadual. Na evolução de registros, em 13 de junho, houve o maior número de mortes, com 17 nesse dia. A divulgação dos casos de vítimas fatais ocorre sempre após a confirmação de que são doentes ligados à pandemia.  
A bandeira vermelha voltou ao mapa nesta semana, com reação forte de regiões devido ao fechamento de atividades econômicas. O status foi definido em função da deterioração de indicadores, principalmente de maior demanda por leitos de UTIs de doentes com o novo coronavírus. 
Mas na metade da semana, o governador Eduardo Leite acabou revendo a bandeira de duas áreas, que voltaram à laranja. Mas cidades da Serra Gaúcha e da Fronteira Oeste se rebelaram e bancaram a manutenção do comércio aberto. o MP-RS foi à Justiça e já cobrou explicações dos prefeitos
Garibaldi conseguiu nessa sexta-feira (19) liminar na Justiça para manter estabelecimentos funcionando.  
Comentários