Porto Alegre, terça-feira, 09 de junho de 2020.
Dia do Porteiro. Dia do Tenista.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 09 de junho de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

Alterada em 09/06 às 20h15min

Brasil segue como líder mundial em casos e mortes de Covid-19 nas últimas 24 horas

Brasil está bem próximo de passar o Reino Unido e se tornar o segundo país do mundo com mais mortes causadas pela Covid-19

Brasil está bem próximo de passar o Reino Unido e se tornar o segundo país do mundo com mais mortes causadas pela Covid-19


Camila Surian/Arte/JC
O Brasil foi novamente o país que mais confirmou mortes causadas pela covid-19 nesta terça-feira (9) bem como a nação que mais registrou casos da doença nas últimas 24 horas, considerando a contagem feita pelo Ministério da Saúde. Segundo a pasta, foram mais 32.091 casos e 1.272 mortes identificadas no período. Os dados foram atualizados às 18h45min no painel do Ministério da Saúde (covid.saude.gov.br) com os números totais da doença no Brasil (739.503 casos e 38.406 mortes), em obediência à decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a divulgação dos casos e mortes acumulados desde o começo da pandemia.
O Brasil foi novamente o país que mais confirmou mortes causadas pela covid-19 nesta terça-feira (9) bem como a nação que mais registrou casos da doença nas últimas 24 horas, considerando a contagem feita pelo Ministério da Saúde. Segundo a pasta, foram mais 32.091 casos e 1.272 mortes identificadas no período. Os dados foram atualizados às 18h45min no painel do Ministério da Saúde (covid.saude.gov.br) com os números totais da doença no Brasil (739.503 casos e 38.406 mortes), em obediência à decisão do ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), que determinou a divulgação dos casos e mortes acumulados desde o começo da pandemia.
Os dados divulgados pelo Ministério da Saúde estão em consonância com os divulgados na plataforma online do Conselho Nacional de Secretários de Saúde (Conass), que pode ser acessada em conass.org.br/painelconasscovid19. Os dados levantados pelo consórcio entre Estadão, Folha de S. Paulo, O Globo, G1, Extra e UOL serão fechados às 20h.
Considerando os dados do Ministério da Saúde, o Brasil está bem próximo de passar o Reino Unido e se tornar o segundo país do mundo com mais mortes causadas pela Covid-19. O governo britânico informou hoje que 286 pessoas morreram da doença, totalizando 40.883 óbitos. O número de infecções cresceu em 1.387 no país, elevando o total para 289.140. O Brasil já o segundo país com mais casos da covid-19.
Os Estados Unidos, país que lidera os rankings totais de casos e de mortes pelo coronavírus, foram hoje o segundo país em novas mortes e em novos casos da covid-19. De acordo com com o Centro de Controle de Doenças (CDC, na sigla em inglês), houve mais 550 mortes e mais 17.598 casos de covid-19. No total, o coronavírus já matou 110.925 pessoas nos Estados Unidos e infectou 1.956.421.
Comentários