Porto Alegre, segunda-feira, 18 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 18 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Solidariedade

18/05/2020 - 11h48min. Alterada em 18/05 às 11h51min

JBS doará R$ 21,7 milhões para o combate ao coronavírus no Rio Grande do Sul

Recursos serão destinados à compra de equipamentos para a área de saúde do Estado e municípios

Recursos serão destinados à compra de equipamentos para a área de saúde do Estado e municípios


MPT/DIVULGAÇÃO/JC
A companhia de frigoríficos JBS vai doar R$ 21,7 milhões para o combate ao coronavírus no Rio Grande do Sul. Os recursos serão destinados a ações de saúde pública, social e apoio à ciência, viabilizando a construção de hospitais modulares (permanentes), compra de equipamentos de proteção individual (EPIs), equipamentos de saúde, cestas básicas e de higiene e limpeza, entre outros. 
A companhia de frigoríficos JBS vai doar R$ 21,7 milhões para o combate ao coronavírus no Rio Grande do Sul. Os recursos serão destinados a ações de saúde pública, social e apoio à ciência, viabilizando a construção de hospitais modulares (permanentes), compra de equipamentos de proteção individual (EPIs), equipamentos de saúde, cestas básicas e de higiene e limpeza, entre outros. 
As doações serão destinadas ao Estado (R$ 10 milhões) e a 11 cidades gaúchas (R$ 11,7 milhões), beneficiando direta ou indiretamente uma população de quase três milhões de pessoas. Todas as iniciativas serão auditadas pela consultoria Grant Thornton, que abriu mão de seus honorários para contribuir com o programa social.
Mohamed Parrini, CEO do Hospital Moinhos de Vento de Porto Alegre, integra o Comitê Consultivo da iniciativa. O executivo destaca a abrangência do projeto. "A capilaridade das ações vai permitir estender esse apoio a todo país. No Rio Grande do Sul, teremos o cuidado de identificar as prioridades do estado e das cidades que serão atendidas pelo projeto. Dessa forma, decidiremos juntos a melhor alocação dos recursos”, destaca.
As doações para o Rio Grande do Sul integram um esforço nacional da JBS de combate à covid-19. Ao todo, a empresa vai doar R$ 400 milhões a 17 unidades da federação e 162 cidades. Para além das parcerias com o setor público, o plano de doações inclui a doação de R$ 20 milhões a 50 organizações sociais sem fins lucrativos com trabalhos específicos de assistência à população carente e vulnerável e a destinação de R$ 50 milhões a entidades de pesquisa e tecnologia no país com foco em estudos na área de saúde.
Comentários