Porto Alegre, sábado, 16 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 16 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Saúde

Alterada em 16/05 às 12h16min

Dez novos leitos de UTI em Caxias do Sul reforçam enfrentamento à Covid-19 no RS

Leite visitou os novos leitos de UTI e anunciou aumento dos repasses ao Hospital Geral

Leite visitou os novos leitos de UTI e anunciou aumento dos repasses ao Hospital Geral


Felipe Dalla Valle/Palácio Piratini/JC
O Hospital Geral (HG) de Caxias do Sul recebeu, neste sábado (16), 10 novos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI). A ampliação da capacidade hospitalar, principalmente de UTIs adulto do Sistema Único de Saúde (SUS), faz parte do Plano de Contingência elaborado pelo governo do Rio Grande do Sul para enfrentar a pandemia de coronavírus.
O Hospital Geral (HG) de Caxias do Sul recebeu, neste sábado (16), 10 novos leitos de unidade de terapia intensiva (UTI). A ampliação da capacidade hospitalar, principalmente de UTIs adulto do Sistema Único de Saúde (SUS), faz parte do Plano de Contingência elaborado pelo governo do Rio Grande do Sul para enfrentar a pandemia de coronavírus.
"O hospital é do Estado, assim, nós vamos pagar pelos equipamentos fundamentais, o município está garantindo o pagamento das diárias e, graças a esse esforço conjunto e coordenado, a população poderá contar com o atendimento de saúde a partir de amanhã (17). Esse é o grande diferencial que viemos testemunhar aqui em Caxias do Sul", ressaltou o governador Eduardo Leite, após conhecer os novos leitos neste sábado.
Os aparelhos que possibilitam a operação foram disponibilizados, desde o início de abril, pelo governo, que está custeando o aluguel no valor de R$ 180 mil mensais. Os equipamentos aguardavam apenas a habilitação – liberação de recursos de custeio – para serem colocados à disposição da sociedade.
Seguindo um apelo feito pelo governador, que autorizou o pagamento de 139 leitos sob gestão estadual até que o Ministério da Saúde regularize a situação, a prefeitura de Caxias do Sul vai assumir a diária de R$ 1,6 mil de cada um dos novos leitos, já que o município tem gestão plena.
O governador anunciou que o Estado aumentará os repasses ao Hospital Geral em R$ 400 mil, totalizando aporte de R$ 3,7 milhões mensais para custeio dos serviços. “O governo mantém convênio com a Fundação da UCS há mais de 20 anos para gestão do HG, que é uma referência em saúde para toda a nossa serra gaúcha e temos certeza que é uma ajuda importante neste momento de pandemia”, ressaltou Leite.
Referência para 49 municípios
Mesmo sendo financiando pelo município, o atendimento nos novos leitos será estendido a todos os pacientes da região. Atualmente, o HG é referência em saúde para cerca de 1 milhão de habitantes, usuários do Sistema Único de Saúde (SUS) de 49 municípios da 5ª Coordenadoria Regional da Saúde, na Serra.
Os equipamentos foram instalados na Sala de Recuperação do Bloco Cirúrgico do HG e oferecerão apoio para atendimento de pacientes com síndrome respiratória aguda grave (SRAG), causada pelo novo coronavírus. Os leitos contam com camas hospitalares, ventiladores pulmonares, monitores de beira de leito, cama bomba para mediação e bomba para dieta, entre outros equipamentos fundamentais para tratamento de Covid-19.
As novas unidades se somarão aos 10 leitos permanentes de UTI adulto do HG, referência em saúde para habitantes de 49 municípios da 5ª Coordenadoria Regional da Saúde, oferecendo atendimento universal e gratuito, 100% pelo SUS.
Comentários