Porto Alegre, segunda-feira, 04 de maio de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
segunda-feira, 04 de maio de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

governo do estado

04/05/2020 - 16h09min. Alterada em 04/05 às 20h58min

Decreto do distanciamento social controlado no RS será publicado na sexta-feira, diz Eduardo Leite

Segundo Leite, o novo modelo de distanciamento social passará  a valer a partir da próxima semana

Segundo Leite, o novo modelo de distanciamento social passará a valer a partir da próxima semana


FACEBOOK/REPRODUÇÃO/JC
O novo decreto estadual que definirá as diretrizes do distanciamento social controlado no Rio Grande do Sul será publicado na próxima sexta-feira (8). O governo do Estado estendeu até quinta-feira (7) o prazo para elaboração do modelo, com as sugestões recebidas até esta segunda-feira (5) da sociedade, das federações, entidades e prefeituras, que serão consideradas para a consolidação dos protocolos que integrarão as regras do distanciamento controlado.
O novo decreto estadual que definirá as diretrizes do distanciamento social controlado no Rio Grande do Sul será publicado na próxima sexta-feira (8). O governo do Estado estendeu até quinta-feira (7) o prazo para elaboração do modelo, com as sugestões recebidas até esta segunda-feira (5) da sociedade, das federações, entidades e prefeituras, que serão consideradas para a consolidação dos protocolos que integrarão as regras do distanciamento controlado.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Nesta segunda-feira (4), durante live no Facebook, o governador Eduardo Leite reforçou que a participação da sociedade será fundamental para a formatação dos níveis de restrições e bandeiras a serem adotados nem todo o Estado. "Queremos ouvir a sociedade para construir um novo equilíbrio das atividades econômicas, proteger a saúde e preservar empregos", disse.
Segundo o chefe do Executivo gaúcho, a ideia é que o novo decreto seja publicado na sexta e passe a valer a partir da próxima semana. No novo tipo de distanciamento, o Rio Grande do Sul será dividido em cerca de 20 regiões, que terão indicadores sobre as condições de registro do novo coronavírus, casos e mortes e a demanda para os serviços de saúde. Um sistema de cinco cores - (da cor verde, o nível mais baixo, até a preta, nível crítico de risco na pandemia). Mais uma vez as prefeituras terão o papel de orientar e estabelecer as medidas, sob supervisão estadual.
Na quinta-feira (30),  Leite autorizou a abertura do comércio das cidades da Região Metropolitana de Porto Alegre (RMPA), desde que os municípios atendam às condições de proteção em relação ao coronavírus. Também definiu o fechamento do comércio em 99 cidades que ficam no Norte e Vales, onde estão Passo Fundo e Lajeado, cidades que registram aumento de casos de Covid-19 e maior nível de ocupação de leitos de UTIs. Estes dois indicadores serão os principais a serem considerados no novo modelo de distanciamento controlado.
Comentários