Porto Alegre, sexta-feira, 16 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sexta-feira, 16 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Saúde

- Publicada em 16h19min, 25/04/2020. Atualizada em 16h23min, 25/04/2020.

Coronavírus chega a 200 mil mortes no mundo, diz Universidade Johns Hopkins

Casos chegam a 2.865.938, enquanto o número de curados é de 810 mil

Casos chegam a 2.865.938, enquanto o número de curados é de 810 mil


Camila Surian/Arte/JC
O número de mortes causadas pelo novo coronavírus chegou a 200 mil no mundo neste sábado (25), segundo um levantamento em tempo real da Universidade Johns Hopkins. De acordo com a mesma instituição, os casos chegam a 2.865.938, enquanto o número de curados é de 810 mil.
O número de mortes causadas pelo novo coronavírus chegou a 200 mil no mundo neste sábado (25), segundo um levantamento em tempo real da Universidade Johns Hopkins. De acordo com a mesma instituição, os casos chegam a 2.865.938, enquanto o número de curados é de 810 mil.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Os países com mais mortes são Estados Unidos, Itália, Espanha, França e Reino Unido. Os EUA registraram 52.782 mortes, a Itália, 26.384, a Espanha, 22.902, a França, 22.245 e o Reino Unido, 20.319, segundo a instituição.
O avanço da doença nos cinco continentes se dá no momento em que dezenas de países planejam flexibilizar as medidas de distanciamento social e de circulação de pessoas, como tem ocorrido em nações europeias e em alguns Estados americanos. A Organização Mundial da Saúde (OMS) pede cautela para as nações e continua recomendando o distanciamento físico.
Nesta semana, a OMS e líderes globais lançaram uma ação de cooperação mundial histórica para desenvolver uma vacina e tratamentos contra o vírus. O objetivo é acelerar o desenvolvimento, a produção e a distribuição equitativa de vacinas, diagnósticos e remédios para combater a pandemia. O grupo espera arrecadar 7,5 bilhões de euros.
Agência Estado
Comentários CORRIGIR TEXTO