Porto Alegre, terça-feira, 28 de abril de 2020.
Dia da Educação.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
terça-feira, 28 de abril de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

07/04/2020 - 18h23min. Alterada em 28/04 às 16h00min

CMPC investe R$ 5 milhões em fabricação de máscaras cirúrgicas

Fábrica doará primeiros lotes da produção para unidades de saúde em Guaíba e arredores

Fábrica doará primeiros lotes da produção para unidades de saúde em Guaíba e arredores


LUIZA PRADO/JC
O grupo chileno CMPC, que tem uma planta de produção de celulose e papel em Guaíba, na Região Metropolitana de Porto Alegre, investiu cerca de R$ 5 milhões na compra de duas máquinas para fabricar máscaras cirúrgicas de forma automatizada. Os equipamentos serão instalados nas unidades industriais da Softys em São Paulo, e em Puente Alto, no Chile.
A nova linha de produção no Brasil terá capacidade de fabricar entre 60 e 80 máscaras por minuto, totalizando 1,5 milhão de máscaras por mês. Com a produção, o grupo doará a maior parte dos três primeiros lotes para os serviços públicos de saúde das cidades onde possui operações no Rio Grande do Sul.
No Rio Grande do Sul, a estimativa é que cheguem milhares de máscaras, que serão destinadas para a rede de saúde pública e para os colaboradores e prestadores de serviços da CMPC.
Nos últimos dias, a empresa também anunciou outras medidas de auxílio ao combate à Covid-19 no Rio Grande do Sul, como investimento para a melhoria de um pronto atedimento, doação de cestas de alimento e higiene para famílias em situação de vulnerabilidade social de Guaíba, além da adesão à campanha da "Solidariedade contra o Coronavírus" em uma aliança colaborativa com outras empresas gaúchas e o Instituto Cultural Floresta (ICF). Estão sendo adquiridos equipamentos para o enfrentamento à doença como máscaras cirúrgicas, aparelhos respiradores, Equipamentos de Proteção Individual (EPI's), mais de 5 mil litros de álcool em gel e cestas básicas.
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE

2020