Porto Alegre, sábado, 17 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 17 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

saúde

- Publicada em 20h07min, 02/04/2020.

Ministério da Saúde diz que 1º caso de coronavírus no Brasil é, na verdade, de janeiro

O vírus já estava no Brasil em janeiro, um mês antes do que se pensava

O vírus já estava no Brasil em janeiro, um mês antes do que se pensava


CAMILA SURIAN/ARTE/JC
O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (2) a identificação de um primeiro caso de coronavírus no Brasil ainda em janeiro deste ano. Até agora, a primeira confirmação tinha ocorrido no dia 26 de fevereiro.
O Ministério da Saúde informou nesta quinta-feira (2) a identificação de um primeiro caso de coronavírus no Brasil ainda em janeiro deste ano. Até agora, a primeira confirmação tinha ocorrido no dia 26 de fevereiro.
 
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Segundo o secretário de Vigilância em Saúde do ministério, Wanderson Oliveira, o vírus já estava no Brasil em janeiro, um mês antes do que se pensava. A confirmação veio após investigação retrospectiva de casos.
Ele não deu detalhes sobre onde foi localizado esse caso nem tampouco sobre o perfil da pessoa infectada, mas disse que se trata de um caso importado de outro país.
"Tivemos, a partir de investigação retrospectiva, a identificação do primeiro caso confirmado. Ele é da semana epidemiológica 4, do dia 23 de janeiro", disse em entrevista coletiva nesta quinta-feira no Planalto. "Havia circulação inicial de casos já no final de janeiro de 2020, com caso importado, obviamente".
"Esse caso agora está sendo mais investigado, mas o resultado laboratorial é PCR, não tenho dúvidas de que é um caso confirmado".
Até então, o primeiro caso confirmado da doença era de um homem de 61 anos de São Paulo que havia viajado à Itália, país com uma das maiores concentrações de registros da doença. A confirmação desse caso foi feita pelo Ministério da Saúde no dia 26 de fevereiro.
De acordo com Oliveira, a investigação retroativa também foi feita com o vírus da zika. "Inicialmente achávamos que os primeiros casos eram de abril de 2015; um ano depois, com investigação retrospectiva, identificamos que havia casos em banco de sangue na região amazônica desde abril de 2014."
Folhapress
Comentários CORRIGIR TEXTO