Porto Alegre, sábado, 17 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 17 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

saúde

- Publicada em 10h27min, 31/03/2020. Atualizada em 16h23min, 31/03/2020.

Clínicas vai contratar 775 profissionais para atuar em UTI de combate ao coronavírus

Reforço de funcionários é necessário para funcionamento de nova UTI contra a pandemia

Reforço de funcionários é necessário para funcionamento de nova UTI contra a pandemia


HCPA/DIVULGAÇÃO/JC
Uma portaria do Ministério da Economia autorizou a abertura de 775 novas vagas de emprego no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (31). As novas vagas são temporárias, com duração de até dois anos.
Uma portaria do Ministério da Economia autorizou a abertura de 775 novas vagas de emprego no Hospital de Clínicas de Porto Alegre. A medida foi publicada no Diário Oficial da União desta terça-feira (31). As novas vagas são temporárias, com duração de até dois anos.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
Serão chamados profissionais assistenciais e de apoio que estão em cadastro de processos seletivos vigentes do HCPA. O reforço no quadro de funcionários do hospital é necessário para que o Clínicas possa colocar em funcionamento os novos leitos de Centro de Terapia Intensiva que estão sendo instalados para enfrentamento da Covid-19.
A previsão é de que a instalação dos primeiros 10 leitos esteja concluída até quinta-feira (2). As novas unidades foram viabilizadas pela aplicação dos R$ 57 milhões liberados pelo Ministério da Educação ao hospital para o enfrentamento da pandemia do coronavírus.
Comentários CORRIGIR TEXTO