Porto Alegre, segunda-feira, 30 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, segunda-feira, 30 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Infraestrutura

Alterada em 30/03 às 19h34min

Por coronavírus, governo adia leilões de energia previstos para 2020

De acordo com ministério, situação de contratação de leilões de energia será reavaliada "tão logo se supere este momento desafiador"

De acordo com ministério, situação de contratação de leilões de energia será reavaliada "tão logo se supere este momento desafiador"


NICOLE KÖHLER POR PIXABAY/DIVULGAÇÃO/JC
O ministério de Minas e Energia anunciou nesta segunda-feira (30) que adiou a realização de uma série de leilões de energia previstos para este ano. A decisão, publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), foi tomada em razão da pandemia do novo coronavírus.
O ministério de Minas e Energia anunciou nesta segunda-feira (30) que adiou a realização de uma série de leilões de energia previstos para este ano. A decisão, publicada em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), foi tomada em razão da pandemia do novo coronavírus.
"Sensível ao contexto que vem exigindo a adoção de medidas extraordinárias, pela sociedade, pelos agentes econômicos e, inclusive, pelo governo, que decretou o estado de calamidade pública, o ministério de Minas e Energia posterga a realização de leilões promovidos por esta pasta, destinados a atender as necessidades futuras de energia das distribuidoras, no Sistema Interligado Nacional e nos Sistemas Isolados, bem como as necessidades de expansão dos sistemas de transmissão", diz o ministério em nota.
Os certames foram postergados por tempo indeterminado. Ainda de acordo com a pasta, a situação de contratação de leilões de energia será reavaliada "tão logo se supere este momento desafiador".
De acordo com a portaria publicada no DOU, ficam adiados os leilões de energia A-4 e A-5 de 2020; o leilão de energia nova A-4 e A-6; os leilões para concessão de serviço público de transmissão de energia elétrica; e os leilões para contratação de soluções de suprimento a sistemas isolados.