Porto Alegre, sábado, 17 de outubro de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre,
sábado, 17 de outubro de 2020.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

SAÚDE

- Publicada em 17h25min, 30/03/2020. Atualizada em 17h27min, 30/03/2020.

Leite pede união dos entes federados e avalia alterar decretos de circulação no RS

Leite disse que quer evitar conflitos e pediu sintonia aos prefeitos gaúchos

Leite disse que quer evitar conflitos e pediu sintonia aos prefeitos gaúchos


REPRODUÇÃO/JC
Fernanda Crancio
Durante sua manifestação nas redes sociais, nesta segunda-feira (30), o governador Eduardo Leite pediu união dos entes federados no enfrentamento à pandemia da Covid-19 e disse que estuda a possibilidade de alterar decretos recentes e até vir a publicar novas regulamentações para unificar por região as restrições de circulação de pessoas, em resposta às críticas que vem recebendo de muitos prefeitos por conta das restrições adotadas. O governador pregou ainda sintonia com as prefeituras e pediu apoio dos gaúchos para evitar o aumento da disseminação do coronavírus no Estado.
Durante sua manifestação nas redes sociais, nesta segunda-feira (30), o governador Eduardo Leite pediu união dos entes federados no enfrentamento à pandemia da Covid-19 e disse que estuda a possibilidade de alterar decretos recentes e até vir a publicar novas regulamentações para unificar por região as restrições de circulação de pessoas, em resposta às críticas que vem recebendo de muitos prefeitos por conta das restrições adotadas. O governador pregou ainda sintonia com as prefeituras e pediu apoio dos gaúchos para evitar o aumento da disseminação do coronavírus no Estado.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
"Estabelecemos a linha que o governo busca percorrer, mas não queremos conflito, pelo contrário, queremos sintonia para evitar conflitos e confrontos. Vamos reunir o governo para alterar os próximos decretos, criar níveis por porte dos municípios, por regiões, incidência da doença, etc", revelou.
Leite voltou a dizer que todas as decisões governamentais estão embasadas na ciência e nas estatísticas apresentadas em relação aos números da pandemia em solo gaúcho e da resposta do sistema de saúde estadual e disse que o momento é de buscar a união dos ente federados e o apoio da sociedade para conter a disseminação do coronavírus. "Neste momento precisamos União de todos os ente federados. Não é hora de empenharmos responsabilidade e agirmos sem respaldo científico. É realmente grave o que estamos vivendo e necessitamos de apoio de toda a sociedade gaúcha", completou.
Comentários CORRIGIR TEXTO