Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Aniversário de Porto Alegre. Dia do Cacau.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Relações internacionais

25/03/2020 - 14h49min. Alterada em 25/03 às 14h49min

Embaixada dos EUA emite comunicado a americanos que estão no Brasil para que retornem imediatamente

Alerta foi divulgado na noite desta terça-feira (24)

Alerta foi divulgado na noite desta terça-feira (24)


embaixada dos eua/reprodução/jc
Cristine Pires
Norte-americanos ou cidadãos com dupla cidadania que vivem no Brasil receberam comunicado da Embaixada dos EUA na noite desta terça-feira (24) com o alerta de que devem retornar imediatamente ao país, "a menos que estejam preparados para permanecer no exterior por um período indeterminado". 
Norte-americanos ou cidadãos com dupla cidadania que vivem no Brasil receberam comunicado da Embaixada dos EUA na noite desta terça-feira (24) com o alerta de que devem retornar imediatamente ao país, "a menos que estejam preparados para permanecer no exterior por um período indeterminado". 
O texto inicia com o argumento de que a decisão segue o Aviso de Saúde Global de Nível Quatrodo Departamento de Estado o qual  aconselha os cidadãos dos EUA a evitarem quaisquer viagens internacionais devido ao impacto global do COVID-19 e, nos locais onde a partida de voos comerciais ainda é viável, providenciem o retorno imediato.
Logo a seguir, o documento diz que, no caso do brasil, ainda é possível voltar ao País, mas que o único de voos tende a diminuir.  "A Embaixada dos EUA em Brasília gostaria de informar aos cidadãos dos EUA no Brasil que opções devooscomerciais permanecem disponíveis com saída do Brasil para os Estados Unidos, porém esperamos que esse número diminua."
Essa situação, segundo a embaixada, deve mudar rapidamente, inviabilizando o retorno. E reforça o que diz no início do comunicado: "Os cidadãos dos EUA que desejam retornar aos Estados Unidos devem fazê-lo o mais rápido possível pois a situação de viagem está mudando muito rapidamente e a disponibilidade devoosestá sujeita a alterações."
A Embaixada diz que os horários de voos domésticos no Brasil já estão sendo reduzidas significativamente, e, por isso, quem se encontra fora de aeroportos com portões internacionais devem monitorar sua capacidade de obter umvoode conexão, consultando o site do aeroporto mais próximo.