Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Aniversário de Porto Alegre. Dia do Cacau.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

Sistema financeiro

Notícia da edição impressa de 26/03/2020. Alterada em 26/03 às 03h00min

Bancos alteram operações para amenizar a crise

Dívidas de pequenas empresas e pessoas físicas também podem ser renegociadas

Dívidas de pequenas empresas e pessoas físicas também podem ser renegociadas


MAURO SCHAEFER/ARQUIVO/JC
Diante da preocupação dos brasileiros com a doença provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), instituições financeiras públicas e privadas vêm oferecendo operações especiais para amenizar os efeitos negativos da pandemia no emprego e na renda. Segundo a assessoria de imprensa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o setor entende que "se trata de um choque profundo, mas de natureza essencialmente transitória". Desde a semana passada, os principais bancos do País - Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco, Santander e Banrisul - estão prorrogando as dívidas de seus clientes pessoa física e micro e pequenas empresas por 60 dias.
Diante da preocupação dos brasileiros com a doença provocada pelo novo coronavírus (Covid-19), instituições financeiras públicas e privadas vêm oferecendo operações especiais para amenizar os efeitos negativos da pandemia no emprego e na renda. Segundo a assessoria de imprensa da Federação Brasileira de Bancos (Febraban), o setor entende que "se trata de um choque profundo, mas de natureza essencialmente transitória". Desde a semana passada, os principais bancos do País - Banco do Brasil, Bradesco, Caixa, Itaú Unibanco, Santander e Banrisul - estão prorrogando as dívidas de seus clientes pessoa física e micro e pequenas empresas por 60 dias.
A medida se aplica aos contratos de crédito vigentes com o pagamento em dia. Cada banco vai definir, a partir de critérios próprios, quais linhas de crédito serão passíveis de prorrogação - bem como o prazo e as condições dos novos pagamentos, de acordo com cada caso. O único ponto em comum entre as instituições é que a prorrogação não é automática e precisa ser solicitada pelo cliente. O Bradesco informa que já aprovou e tem disponível a opção para dívidas de operações em dia e utilizadas. Pessoas físicas e micro e pequenas empresas correntistas do Bradesco devem entrar em contato com o banco pelos canais digitais ou direto com o gerente da conta para expor seu caso e saber das condições para prorrogar a dívida por até dois meses. Também ficará a cargo de cada banco as definições do processo para solicitação da prorrogação, juros praticados e demais detalhes.
Desde o início desta semana, o Banco do Brasil disponibilizou a possibilidade de micro e pequenas empresas com dívidas prorrogarem duas parcelas de cada operação, que serão migradas para o final do cronograma de pagamentos, e os juros serão diluídos por todo o prazo do financiamento. O empresário poderá contratar a prorrogação no Gerenciador Financeiro, além das agências.
Segundo nota da instituição, o instrumento está disponível nas linhas BB Giro Digital, BB Giro Empresa, BB Giro Rápido, BB Giro Cartões, BB Giro Corporate e BB Financiamento. As linhas contempladas utilizam recursos próprios do banco e devem estar em dia no momento da prorrogação. "O objetivo é garantir que as micro e pequenas empresas não necessitem dispor de seus caixas para pagar empréstimos neste momento, liberando recursos para garantir o pagamento de funcionários e fornecedores." O Banco do Brasil está com todas as suas linhas de crédito de capital de giro à disposição dos clientes, também no sentido de prover liquidez às micro e pequenas empresas.
No Itaú, é possível postergar o vencimento da próxima parcela de empréstimo pessoal e capital de giro com a assinatura do Itaú Crédito Sob Medida, que permite a alteração da data original. O processo é repactuar seu contrato e, no momento de escolha da nova data de vencimento, prorrogar por até 60 dias o pagamento. Quem já tem o produto contratado também pode renegociar o vencimento da sua próxima parcela, optando por pagá-la 60 dias depois da data originalmente acordada.
No caso de empréstimo com garantia, o cliente do Itaú pode pagar antecipadamente as duas próximas parcelas utilizando a garantia (seus investimentos), sem alterar as condições das próximas parcelas. Também o cheque especial e o cartão de crédito da instituição contam com alternativas de parcelamento previstas na oferta de cada item, cujas condições podem ser conferidas nos aplicativos, no site e nas centrais de atendimento do banco.

Banrisul prorroga dívidas e muda o atendimento

No Estado, o Banrisul ampliou a prorrogação de dívidas para empresas com faturamento médio mensal de até R$ 6 milhões. A nova operação, no valor das duas prestações prorrogadas, poderá ser feita em nove parcelas, com 90 dias de carência para o primeiro pagamento, com prazo total de 12 meses. As demais parcelas e condições do contrato original permanecerão inalteradas.

Para evitar deslocamentos às agências, o Banrisul aumentou os limites de movimentação diária dos canais de atendimento para pessoa física e jurídica no aplicativo Banrisul Digital. A medida permite aos clientes realizarem suas operações financeiras de forma remota, diretamente do seu
smartphone ou tablet. Nos canais Minha Conta e Office, o limite passou de R$ 20 mil para R$ 50 mil. Já os clientes Afinidade tiveram o aumento de R$ 50 mil para
R$ 100 mil.

O Banrisul também irá reservar um horário de atendimento para aqueles que ainda não possuem cartão, ou que estejam com o seu cartão vencido ou perdido. Esses clientes serão atendidos, a partir desta quinta-feira, do horário regular de abertura das agências (que pode ser 10h ou 11h, dependendo da localidade) até as 12h, em ordem de chegada.

Das 12h em diante, o atendimento presencial se dará de forma previamente agendada, inclusive os serviços feitos no caixa convencional. A instituição aumentou, ainda, os limites de movimentação diária dos canais de atendimento. A medida permite aos clientes realizarem suas operações financeiras de forma remota,

Imóveis também entram nos parcelamentos especiais

Apesar de nem todas as instituições estenderem a prorrogação para dívidas do cartão de crédito e cheque especial, as medidas anunciadas valem para todos os contratos de crédito feitos pelo cliente com os bancos citados. No caso de dívidas de crédito imobiliário, quem possui um contrato em dia no Itaú, além de poder postergar o pagamento da sua próxima parcela por 60 dias, tem garantido que, durante este período, será mantida a mesma taxa de juros. O Banrisul informa que, em breve, serão divulgadas as informações sobre o Repac de crédito imobiliário, rural e desenvolvimento.