Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Aniversário de Porto Alegre. Dia do Cacau.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, quinta-feira, 26 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

saúde

25/03/2020 - 11h21min. Alterada em 25/03 às 13h49min

Sogipa e Fiergs oferecem estruturas para ajudar no combate ao Covid-19

Centro de Eventos da Fiergs pode virar hospital de campanha

Centro de Eventos da Fiergs pode virar hospital de campanha


LUIZA PRADO/JC
Adriana Lampert
Salões e cinco ginásios da Sogipa e o Centro de Exposições da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) poderão ser transformados em hospitais de campanha para ajudar no combate ao Covid-19 (Novo Coronavírus). A oferta foi feita no início desta semana pelos presidentes de ambas entidades. O dirigente do clube, Carlos Wüppel, afirma que há dois dias fez contato com o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior; e com o governador Eduardo Leite, para abrir as dependências da Sogipa às equipes técnicas do Município e do Estado, para que possam analisar quais áreas do clube podem ser aproveitadas para acolher enfermos, caso venha a ser necessário.
Salões e cinco ginásios da Sogipa e o Centro de Exposições da Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs) poderão ser transformados em hospitais de campanha para ajudar no combate ao Covid-19 (Novo Coronavírus). A oferta foi feita no início desta semana pelos presidentes de ambas entidades. O dirigente do clube, Carlos Wüppel, afirma que há dois dias fez contato com o prefeito de Porto Alegre, Nelson Marchezan Junior; e com o governador Eduardo Leite, para abrir as dependências da Sogipa às equipes técnicas do Município e do Estado, para que possam analisar quais áreas do clube podem ser aproveitadas para acolher enfermos, caso venha a ser necessário.
“Ao contrário de dias anteriores, quando tinha muita movimentação, atualmente o clube está totalmente paralisado, sem ingresso de associados e poucos trabalhadores, presentes ali somente para garantir a segurança e manutenção da estrutura dos prédios”, comenta Wüppel. Ele explica que a oferta dos espaços é uma forma de adiantar as soluções em caso do vírus se espalhar e haver um colapso no sistema de saúde. “Município e Estado já sabem que têm um local para direcionar pessoas enfermas que precisarem de abrigo. No espaço acredito que podem ser montadas unidades de atendimento de saúde, ou que se possa aproveitar para qualquer outra utilização que auxilie no tratamento das pessoas ou na resolução de problemas que possam surgir.”
Já o presidente da Fiergs, Gilberto Porcello Petry, avisou ao governo do Estado que a partir de um acordo, a área de cerca de 20 mil m² poderá ser provisoriamente adequada para se tornar um centro de testagens do Covid-19 ou mesmo ponto de diagnóstico e tratamento de pacientes infectados. Além disso, há a possibilidade de que o Estado também tenha à disposição uma equipe de aproximadamente 100 profissionais da saúde do Serviço Social da Indústria (Sesi), para auxiliar na testagem rápida do vírus, quando os kits estiverem disponíveis.