Porto Alegre, quarta-feira, 25 de março de 2020.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, quarta-feira, 25 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

MUNICÍPIOS

Notícia da edição impressa de 25/03/2020. Alterada em 24/03 às 17h07min

Toque de recolher passa a valer em Cachoeirinha nesta terça-feira

Circulação será proibida entre 22h e 5h

Circulação será proibida entre 22h e 5h


/REPRODUÇÃO GOOGLE/DIVULGAÇÃO/CIDADES
O prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier assinou um decreto que estipula um toque de recolher na cidade a partir da noite desta terça-feira. A medida foi tomada em decorrência do combate ao coronavírus.
O prefeito de Cachoeirinha, Miki Breier assinou um decreto que estipula um toque de recolher na cidade a partir da noite desta terça-feira. A medida foi tomada em decorrência do combate ao coronavírus.
A medida estabelece que o toque vai das 22h às 5h. Durante esse período, as pessoas deverão permanecer em suas residências sendo proibida a circulação pela cidade. A medida não é válida para quem necessita sair de casa em casos de atendimento médico, prestar serviços na área de saúde, segurança e serviços essenciais.
Quem descumprir o toque de recolher pode ser indiciado por crimes contra a saúde pública, como causar epidemia ou infringir medida sanitária preventiva, e de desobediência, além da aplicação de multa de R$ 400,00. Em uma primeira abordagem, o cidadão será notificado com advertência de que está descumprindo as normas e regras descritas no decreto e será solicitado que retorne ao seu domicílio.