Porto Alegre, sexta-feira, 20 de março de 2020.
Início do Outono.

Jornal do Comércio

Porto Alegre, sexta-feira, 20 de março de 2020.
Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

CORRIGIR

COMÉRCIO

20/03/2020 - 15h34min. Alterada em 20/03 às 15h47min

Mercado Público de Porto Alegre opera em horário reduzido a partir desta sexta

Mercado Público de Porto Alegre passa a abrir das 9h às 17h a partir desta sexta-feira (20)

Mercado Público de Porto Alegre passa a abrir das 9h às 17h a partir desta sexta-feira (20)


ANSELMO CUNHA/JC
A partir desta sexta-feira (20), o Mercado Público da Capital passa a atender ao público em horário reduzido, das 9h às 17h. A medida atende ao decreto municipal que estabelece novas normas de funcionamento ao comércio e buscar conter a propagação do coronavírus. 
A partir desta sexta-feira (20), o Mercado Público da Capital passa a atender ao público em horário reduzido, das 9h às 17h. A medida atende ao decreto municipal que estabelece novas normas de funcionamento ao comércio e buscar conter a propagação do coronavírus. 
O acesso ao prédio passa a ser feito apenas pela Praça XV de Novembro e pela Avenida Borges de Medeiros, como medida para controlar a entrada de pessoas ao local. Seguranças orientam clientes com idade acima de 60 anos sobre o risco de contágio e os funcionários nesta faixa etária já foram dispensados do trabalho.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5c6f03d777ac4', 'cd_midia':8634598, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/gif/2019/02/21/banner_whatsapp_280x50px_branco-8634598.gif', 'ds_midia': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'ds_midia_credi': 'Thiago Machado / Arte JC', 'ds_midia_titlo': 'WhatsApp Conteúdo Link', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '280', 'cd_midia_h': '50', 'align': 'Center'}
 
Outras medidas como separação de mesas, fornecimento de álcool gel e cuidados permanentes já estão sendo colocadas em prática no Mercado. A presidente da Associação do Comércio do Mercado Público Central (Ascomepc), Adriana Kauer, destaca que o grupo fará o possível para manter o funcionamento do local. "Os comerciantes estão muito preocupados com a situação, mas fazendo todo o possível para que os clientes possam ser atendidos de alguma forma, pois sabem a importância deste centro de abastecimento", afirma.