Porto Alegre, segunda-feira, 15 de julho de 2019.
Dia Nacional dos Clubes.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Cooperativismo 2019

COMENTAR | CORRIGIR

conjuntura

Notícia da edição impressa de 12/07/2019. Alterada em 14/07 às 16h02min

Cooperativas têm crescimento constante em diversos setores

Do campo às grandes cidades, cooperativas atuam em saúde, educação, energia e transportes

Do campo às grandes cidades, cooperativas atuam em saúde, educação, energia e transportes


JOSÉ ZIGNANI/DIVULGAÇÃO/JC
Anelise Cáceres
Do campo às grandes cidades, as cooperativas atuam em diversos setores da economia. E esse modelo de associação pode ser aplicado à mais variada gama de negócios.
No Brasil, por exemplo, as cooperativas são classificadas em 13 ramos de atuação: agropecuário, crédito, saúde, infraestrutura, transporte, trabalho, educacional, especial, produção, consumo, habitacional, turismo e lazer e mineral. No Rio Grande do Sul, 78% das cooperativas estão concentradas nos ramos agropecuário, crédito, transporte e saúde.
Em todos eles há diversos casos que comprovam a competitividade do modelo e sua contribuição para a sociedade. Motivos pelos quais o cooperativismo mantém-se em crescimento constante.

Atendimento à grande parte da população gaúcha

As cooperativas do ramo dedicam-se à preservação e promoção da saúde humana. Somam 23,7 mil associados em 58 cooperativas e geram 10,6 mil empregos. As que atuam como operadoras de Planos de Assistência à Saúde, classificadas nas modalidades cooperativas médicas e odontológicas, são regulamentadas pela Agência Nacional de Saúde Suplementar (ANS). Em relação à cobertura, estão presentes em todos os municípios gaúchos.
{'nm_midia_inter_thumb1':'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/206x137/1_arte_para_site_3-8782026.jpg', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5d27beeaac5c4', 'cd_midia':8782026, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/arte_para_site_3-8782026.jpg', 'ds_midia': 'Arte para site 6', 'ds_midia_credi': 'arte para site', 'ds_midia_titlo': 'Arte para site 6', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '255', 'align': 'Left'}

Confiança nos produtos e serviços oferecidos

 um dos ramos mais dinâmicos e oferece um número cada vez maior de produtos e serviços financeiros. Conta com 2 milhões de associados em 86 cooperativas, que empregam 10,7 A mil pessoas. São instituições financeiras sem fins lucrativos, constituídas para prestar serviços aos seus associados. Os ganhos financeiros (chamadas sobras) desdobram-se em vantagens sociais. Em 2018, na captação de recursos, o crescimento de 24% dos depósitos a prazo demonstra a confiança dos associados no cooperativismo.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5d27beeaac5c4', 'cd_midia':8782027, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/arte_para_site_2-8782027.jpg', 'ds_midia': 'Arte para site 7', 'ds_midia_credi': 'arte para site', 'ds_midia_titlo': 'Arte para site 7', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '125', 'align': 'Left'}

Expansão forte no campo

As cooperativas agropecuárias formam hoje o segmento mais forte do cooperativismo gaúcho. As 128 cooperativas congregam 350,2 mil associados e empregam 36,6 mil trabalhadores em operações como assistência técnica, social e educacional, fornecimento de insumos, recebimento, armazenamento, industrialização e comercialização da produção. As principais cadeias que contam com a atuação das cooperativas são as de grãos, laticínios, proteína animal, hortifrutigranjeiros, vitivinicultura e lanifício. 
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5d27beeaac5c4', 'cd_midia':8782028, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/arte_para_site_1-8782028.jpg', 'ds_midia': 'Arte para site 8', 'ds_midia_credi': 'arte para site', 'ds_midia_titlo': 'Arte para site 8', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '129', 'align': 'Left'}

Energia para o Interior

Principal característica do ramo é a prestação de serviços de infraestrutura básica e, prioritariamente, ao seu quadro social. Conta com 489, 8 mil associados em 25 cooperativas e gera 2,4 mil empregos. Tem como objetivo fornecer aos seus associados, por meio de redes próprias, serviços de energia elétrica, seja distribuindo a energia de concessionárias ou gerando a própria energia.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5d27beeaac5c4', 'cd_midia':8782023, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/arte_para_site_6-8782023.jpg', 'ds_midia': 'Arte para site 3', 'ds_midia_credi': 'arte para site', 'ds_midia_titlo': 'Arte para site 3', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '127', 'align': 'Left'}

Valorização dos transportadores

As cooperativas do ramo transporte nasceram como uma alternativa de valorização profissional com melhor remuneração dos pequenos transportadores, que são os donos dos seus veículos de transporte. Elas dividem-se em transporte coletivo de passageiros (táxi, vans e micro-ônibus) e de cargas (caminhões, camionetes e utilitários). Somam 9,2 mil associados em 70 cooperativas e 282 empregos.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5d27beeaac5c4', 'cd_midia':8782022, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/arte_para_site_7-8782022.jpg', 'ds_midia': 'Arte para site 2', 'ds_midia_credi': 'arte para site', 'ds_midia_titlo': 'Arte para site 2', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '89', 'align': 'Left'}

Melhores condições laborais

É uma sociedade constituída por trabalhadores para o exercício de suas atividades laborativas ou profissionais com proveito comum, autonomia e autogestão. As cooperativas do ramo surgem da vontade de profissionais autônomos, que se propõem a realizar suas atividades através da contratação para execução de obras, tarefas, trabalhos e serviços públicos ou particulares. Congregam 5,7 mil associados em 25 cooperativas e 120 empregos.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5d27beeaac5c4', 'cd_midia':8782024, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/arte_para_site_5-8782024.jpg', 'ds_midia': 'Arte para site 4', 'ds_midia_credi': 'arte para site', 'ds_midia_titlo': 'Arte para site 4', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '117', 'align': 'Left'}

Ensino de qualidade para todos

As cooperativas educacionais foram idealizadas em razão do descontentamento com o ensino público e particular, no que se refere aos parâmetros de qualidade de ensino, projetos pedagógicos, pelos aumentos desproporcionais nas mensalidades, pelo número restrito de vagas em algumas localidades e por melhores remunerações para os professores. Contam com 2,4 mil associados em 15 cooperativas e geram 64 empregos.
{'nm_midia_inter_thumb1':'', 'id_midia_tipo':'2', 'id_tetag_galer':'', 'id_midia':'5d27beeaac5c4', 'cd_midia':8782025, 'ds_midia_link': 'https://www.jornaldocomercio.com/_midias/jpg/2019/07/11/arte_para_site_4-8782025.jpg', 'ds_midia': 'Arte para site 5', 'ds_midia_credi': 'arte para site', 'ds_midia_titlo': 'Arte para site 5', 'cd_tetag': '1', 'cd_midia_w': '800', 'cd_midia_h': '123', 'align': 'Left'}
 
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia