Porto Alegre, domingo, 01 de dezembro de 2019.
Dia Mundial de Luta contra a Aids.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR

Infraestrutura

29/11/2019 - 17h14min. Alterada em 29/11 às 17h14min

DAER destina R$ 301,4 milhões para obras em rodovias

Maior investimento será na duplicação da ERS-118, na região metropolitana de Porto Alegre

Maior investimento será na duplicação da ERS-118, na região metropolitana de Porto Alegre


SELT/DIVULGAÇÃO/JC
O governo do Estado, por meio do Departamento Autônomo de Estradas de Rodagem (DAER), vai investir R$ 301,4 milhões na melhoria e conclusão de rodovias estaduais em todas as regiões do Estado neste ano. O maior investimento, de R$ 131 milhões, financiado pelo Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), será na duplicação da ERS-118, na região metropolitana de Porto Alegre, uma obra considerada prioritária para o governo e que deve ser concluída até o fim de 2020.
A duplicação da rodovia iniciou em 2002, mas desde então o cronograma sofreu uma série de mudanças por diferentes motivos, que vão da rescisão de contrato com as construtoras responsáveis até atrasos no fornecimento de materiais. A obra tem 21,5 quilômetros desde o entroncamento com a BR-116, em Sapucaia do Sul, até a BR-290 (Freeway), em Gravataí.
O restante do investimento será destinado para a recuperação e conservação de rodovias, pontes, acessos municipais, sinalização, melhorias em vias urbanas mediante convênios municipais, aquisição de veículos e equipamentos para o Comando Rodoviário da Brigada Militar. A maior parte do valor (R$ 136 milhões) será liberada pelo Tesouro do Estado e R$ 34,4 milhões serão obtidos por meio da Contribuição de Intervenção de Domínio Econômico (Cide).
  • Origem da empresa: Brasil
  • Cidades: Várias
  • Investimento: R$ 301,4 milhões
  • Estágio: Em execução
  • Previsão: 2019
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE