Porto Alegre, domingo, 01 de dezembro de 2019.
Dia Mundial de Luta contra a Aids.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR

VAREJO E SERVIÇOS

29/11/2019 - 19h31min. Alterada em 29/11 às 19h31min

Incorporadora Infinita quer reabrir o antigo Plazinha em 2021

Antigo hotel no centro histórico será remodelado e terá 182 apartamentos

Antigo hotel no centro histórico será remodelado e terá 182 apartamentos


MARCO QUINTANA/JC
A Incorporadora Infinita - Estrutura de Negócios investiu R$ 45 milhões na compra e reformulação do antigo hotel Plazinha, no centro histórico de Porto Alegre. As obras vão de dezembro deste ano até dezembro de 2020 e quando o empreendimento abrir as portas, em 2021, serão oferecidos 182 apartamentos entre 20 e 30 metros quadrados, decorados e mobiliados, em diversas modalidades de locação, de curto ou longo prazo. Com o conceito de “moradia sob demanda”, o prédio receberá o nome Infinita Town. Co. e terá ainda três andares dedicados a um complexo gastronômico e cultural, aberto ao público.
Já para o público interno haverá vários serviços disponíveis por meio de aplicativos, como locação de carros, bicicletas e patinetes. Os últimos andares do edifício serão destinados a uma área para “coworking”, espaço gourmet e um terraço com piscina e área de convivência. O Infinita Town. Co. também oferecerá uma visão panorâmica de Porto Alegre e do Guaíba, isto porque será colocada uma estrutura de vidro no último pavimento. As características originais do prédio, no entanto, serão preservadas, de acordo com os empreendedores.
  • Origem da empresa: Brasil
  • Cidade: Porto Alegre
  • Investimento: R$ 45 milhões
  • Estágio: Anunciado
  • Previsão: 2021
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE