Porto Alegre, segunda-feira, 02 de dezembro de 2019.
Dia Nacional do Astrônomo. Dia do Samba. Dia Pan-Americano da Saúde.

Jornal do Comércio

Comentar

Seu comentário está sujeito a moderação. Não serão aceitos comentários com ofensas pessoais, bem como usar o espaço para divulgar produtos, sites e serviços. Para sua segurança serão bloqueados comentários com números de telefone e e-mail.

500 caracteres restantes
Corrigir

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

COMENTAR | CORRIGIR

Indústria

29/11/2019 - 20h46min. Alterada em 02/12 às 09h54min

Projeto Fosfato Três Estradas recebe licença prévia

Investimentos envolvem R$ 400 milhões, com estimativa de geração de 700 empregos temporários

Investimentos envolvem R$ 400 milhões, com estimativa de geração de 700 empregos temporários


ÁGUIA FERTILIZANTES/DIVULGAÇÃO/JC
A Fundação Estadual de Proteção Ambiental (Fepam) emitiu em outubro a licença prévia para o projeto Fosfato Três Estradas da Águia Fertilizantes, em Lavras do Sul, no sul do Estado. Os investimentos superam R$ 400 milhões e a estimativa é que serão gerados 700 empregos temporários durante a implantação das obras e 350 permanentes na operação da mina.
A empresa pretende extrair, beneficiar e comercializar minério de fosfato para elaboração de produtos e matérias-primas para agricultura e indústrias de fertilizantes. O plano é transformar o minério em uma unidade industrial a ser construída na própria cidade a 320 quilômetros de Porto Alegre. Controlada por investidores australianos, a Águia é uma empresa listada na Bolsa de Valores de Sydney, na Austrália.
  • Origem da empresa: Austrália
  • Cidade: Lavras do Sul
  • Investimento: R$ 400 milhões
  • Estágio: Em licenciamento
  • Previsão: 2022
COMENTAR | CORRIGIR
Comentários
Seja o primeiro a comentar esta notícia

EXPEDIENTE