Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Economia

- Publicada em 02 de Junho de 2022 às 18:43

Edital libera R$ 934 mil para desenvolvimento de jogos eletrônicos

Lançamento do edital ligado ao programa GameRS foi realizado no Instituto Caldeira

Lançamento do edital ligado ao programa GameRS foi realizado no Instituto Caldeira


Gustavo Mansur/Palácio Piratini/JC
O governo do Estado, por meio da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict), lançou um edital para o setor de desenvolvimento de jogos eletrônicos, no programa GameRS, com aporte de R$ 934 mil. O valor integra o Avançar na Inovação. O lançamento, que ocorreu nesta quinta-feira (2) no Instituto Caldeira, contou com a presença do governador Ranolfo Vieira Júnior e dos secretários Alsones Balestrin (Inovação, Ciência e Tecnologia) e Raquel Teixeira (Educação).
O governo do Estado, por meio da Secretaria de Inovação, Ciência e Tecnologia (Sict), lançou um edital para o setor de desenvolvimento de jogos eletrônicos, no programa GameRS, com aporte de R$ 934 mil. O valor integra o Avançar na Inovação. O lançamento, que ocorreu nesta quinta-feira (2) no Instituto Caldeira, contou com a presença do governador Ranolfo Vieira Júnior e dos secretários Alsones Balestrin (Inovação, Ciência e Tecnologia) e Raquel Teixeira (Educação).
“Ao Estado, cabe analisar a realidade, o momento presente, projetar cenários e induzir o desenvolvimento econômico. E ao fazer isso, trazer o desenvolvimento humano e social, e é isso que estamos fazendo nessa área da inovação da ciência e da tecnologia, com o investimento do programa Avançar. Talvez a sociedade não tenha a real dimensão do que representa o lançamento desses editais, mas, em 2021, foram quase US$ 200 bilhões investidos na área de jogos ao redor do mundo. Isso representa um Estado com visão de futuro”, disse o governador.
O edital 01/2022 da Sict tem o objetivo de apoiar projetos que possam contribuir para o desenvolvimento do setor de jogos eletrônicos no Estado do Rio Grande do Sul, com valor máximo de aporte a cada projeto fixado em R$ 467 mil. As propostas podem ser submetidas por ICTs públicas e privadas, e os projetos podem ser construídos e modelados em conjunto com empresas, sem necessidade de contrapartida.
O mercado de games é o maior e o que mais cresce em faturamento e produção dentro da indústria criativa e de entretenimento mundial. A indústria global de games vem superando em faturamento, desde 2003, o cinema, a música e a televisão somados. O Rio Grande do Sul é referência em políticas públicas voltadas ao setor por meio do programa GameRS, instituído pelo Decreto 55.359, de 9 de julho de 2020. O faturamento do setor no Estado foi de R$ 75,8 milhões em 2021, ante R$ 65,7 milhões em 2020.
De acordo com o secretário Balestrin, o setor de games é estratégico. “Investir no mercado de games é investir em tecnologias portadoras de futuro, em inovação, em talentos e em criação de empregos em setor altamente promissor”, pontua.
Os investimentos do Estado em inovação por meio do programa Avançar totalizam R$ 112,3 milhões. A submissão de propostas ao edital GameRS estão abertas até 16 de julho de 2022. O edital completo está disponível no site da Sict.
Investimentos do RS no setor de games
Como setor estratégico e em expansão, várias secretarias do Estado lançaram editais que contemplam games. Em 2019, a Secretaria da Cultura (Sedac) lançou o Edital Movimento, no valor de R$ 3 milhões, que contemplou dois projetos de games que visam a promover a cultura gaúcha, com cotas de R$ 100 mil e R$ 25 mil.
Em 2020, a Sict lançou o edital Techfuturo, com espaço para os games, que recebeu oito propostas do setor. Em 2021, a Secretaria de Desenvolvimento Econômico lançou o Edital de Arranjos Produtivos Locais (APL), no valor de R$ 200 mil.
Com o programa GameRS, em 2021, a Sict apoiou, por meio de edital, a implementação de dois laboratórios de testagem de qualidade em jogos eletrônicos, no valor de R$ 808 mil. Os laboratórios serão instalados na Feevale e na Universidade de Caxias do Sul (UCS) até julho de 2023. Este ano, a Sedac também lançou R$ 2 milhões em cotas específicas para desenvolvimento e finalização de games, por meio do Edital FAC Filma.
Conteúdo Publicitário
Leia também
Comentários CORRIGIR TEXTO