Porto Alegre, sexta-feira, 13 de maio de 2022.
Porto Alegre,
sexta-feira, 13 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Balanços

- Publicada em 13/05/2022 às 03h00min.

Lucro líquido da Braskem avança 56% no 1º trimestre

Receita líquida de vendas somou R$ 26,731 bilhões no período

Receita líquida de vendas somou R$ 26,731 bilhões no período


/BRASKEM/DIVULGAÇÃO/JC

O lucro líquido da Braskem no primeiro trimestre de 2022 avançou 56% na comparação com o mesmo período de 2021, chegando em R$ 3,884 bilhões. Em relação ao quarto trimestre, o aumento chega a 632%.

O lucro líquido da Braskem no primeiro trimestre de 2022 avançou 56% na comparação com o mesmo período de 2021, chegando em R$ 3,884 bilhões. Em relação ao quarto trimestre, o aumento chega a 632%.

O Ebitda (lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização) recorrente atingiu R$ 4,845 bilhões entre janeiro e março deste ano, queda de 30% em relação ao mesmo período de 2021 e redução de 23% na comparação com o quarto trimestre de 2021, em função da apreciação do real frente ao dólar no período.

Em dólar, o Ebitda recorrente da companhia foi de US$ 920 milhões, 19% inferior ao quarto trimestre, explicado, principalmente, pela normalização dos spreads internacionais de principais químicos e resinas no Brasil, PP nos Estados Unidos e Europa e PE no México. O resultado também é explicado pelo menor volume de vendas de principais químicos e resinas no segmento Brasil e pela apreciação do real frente ao dólar de 6,3%.

Em relação ao primeiro trimestre de 2021, o Ebitda Recorrente da Companhia em dólar foi 27% inferior, em função da normalização dos spreads internacionais de principais químicos, PE e PP no Brasil, PP nos Estados Unidos e PE no México; do menor volume de vendas de resinas no Brasil e PP na Europa; e pela apreciação do real frente ao dólar de 4,4%.

A receita líquida de vendas chegou a R$ 26,731 bilhões no primeiro trimestre deste ano, alta de 18% em um ano e queda de 5% na comparação com o quarto trimestre de 2021. Os dados foram divulgados nesta quarta-feira.

Randon tem receita de R$ 2,5 bilhões no trimestre

As Empresas Randon alcançaram um primeiro trimestre de 2022 com receita líquida de
R$ 2,5 bilhões, aumento de 29,5% na comparação com o mesmo período do ano passado. Esse é o maior patamar para um primeiro trimestre em toda história da empresa. O Ebitda consolidado foi de R$ 401,4 milhões, com margem de 16,2%, crescimento de 15% em relação ao que foi registrado no primeiro trimestre de 2021.

O lucro líquido de janeiro a março deste ano somou R$ 130 milhões, pequena redução de 3% quando comparado ao mesmo período de 2021. O nível de demanda nos mercados de veículos comerciais e no segmento de reposição e o acréscimo de receitas de novas empresas adquiridas foram alguns dos fatores que impulsionaram o desempenho positivo do trimestre.

"Nosso modelo de negócios diversificado nos permitiu manter as margens fortes e enfrentar os desafios do período, como os efeitos da inflação e da escassez de alguns insumos, além de eventos geopolíticos que afetam a economia como um todo", destaca o CFO das Empresas Randon, Paulo Prignolato.

O trimestre também foi marcado por uma captação de recursos para sustentar a estratégia de crescimento das Empresas Randon, com a 9ª emissão de debêntures no valor de R$ 500 milhões.

Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Leia também