Porto Alegre, quarta-feira, 11 de maio de 2022.
Porto Alegre,
quarta-feira, 11 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

INDÚSTRIA

- Publicada em 11/05/2022 às 15h19min.

Fiergs promoverá cursos de qualificação profissional para desempregados

Objetivo da iniciativa é encaminhar profissionais qualificados para as indústrias gaúchas

Objetivo da iniciativa é encaminhar profissionais qualificados para as indústrias gaúchas


GUILHERME JORDANI/DIVULGAÇÃO/JC
Profissionais desempregados poderão participar de cursos de qualificação profissional promovidos pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs). Com o objetivo de ofertar profissionais qualificados às indústrias gaúchas, a iniciativa, que integra o programa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Rio Grande do Sul (Senai-RS), foi lançado em parceria com os sindicatos industriais filiados à Fiergs.
Profissionais desempregados poderão participar de cursos de qualificação profissional promovidos pela Federação das Indústrias do Estado do Rio Grande do Sul (Fiergs). Com o objetivo de ofertar profissionais qualificados às indústrias gaúchas, a iniciativa, que integra o programa do Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do Rio Grande do Sul (Senai-RS), foi lançado em parceria com os sindicatos industriais filiados à Fiergs.
“O programa objetiva auxiliar diretamente a falta de recursos humanos capacitados para o setor”, afirmou o presidente da entidade, Gilberto Porcello Petry.
De acordo com ele, a proposta é “apoiar os sindicatos na busca de um ambiente cada vez mais favorável aos negócios de seus associados, buscando elevar a competitividade das indústrias estabelecidas no Rio Grande do Sul”.
Segundo o diretor regional do Senai-RS, Carlos Trein, serão mais de 1,5 mil vagas em cursos de qualificação no Estado, e as indústrias podem encaminhar aos sindicatos as áreas com mais necessidade de profissionais.
Para participar do programa, o candidato deve ser indicado por um sindicato da indústria, ter acima de 18 anos, estar desempregado e apresentar a autodeclaração de baixa renda.
O edital com a relação completa de oportunidades, critérios para participação e endereço das unidades estão disponíveis para consulta neste o link
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Leia também