Porto Alegre, sábado, 07 de maio de 2022.
Porto Alegre,
sábado, 07 de maio de 2022.
Corrigir texto

Se você encontrou algum erro nesta notícia, por favor preencha o formulário abaixo e clique em enviar. Este formulário destina-se somente à comunicação de erros.

Varejo

- Publicada em 07/05/2022 às 18h31min.

Véspera de Dia das Mães movimenta comércio de Porto Alegre

Faturamento das lojas deve confirmar expectativa de aumento

Faturamento das lojas deve confirmar expectativa de aumento


LUIZA PRADO/JC
Diego Nuñez
A primeira véspera de Dia das Mães sem restrições no comércio em três anos movimentou lojas, shoppings e restaurantes em Porto Alegre neste sábado (7). A alta procura principalmente por presentes deve confirmar a expectativa positiva de entidades que apontaram um aumento das vendas em relação à data do ano passado.
A primeira véspera de Dia das Mães sem restrições no comércio em três anos movimentou lojas, shoppings e restaurantes em Porto Alegre neste sábado (7). A alta procura principalmente por presentes deve confirmar a expectativa positiva de entidades que apontaram um aumento das vendas em relação à data do ano passado.
“Não mudou nada na vida do brasileiro: sempre somos compradores de última hora”, brincou o presidente do Sindilojas, Arcione Piva. “A expectativa se confirmou de que ontem (sexta-feira, 6) e hoje seriam os dias com maior movimento nas lojas. De fato, pelas informações que tenho, está bem movimentado, acima da média do último dia”, relatou ele.
Segundo o presidente do Sindilojas, deve ser confirmada a expectativa de aumento de 38% nas vendas em relação ao feriado de 2021, conforme previsto em pesquisa realizada pela entidade. Ele enxerga dois principais motivos para o crescimento do faturamento.
“A inflação é um fator importante (para o aumento nomimal), mas mesmo assim vamos ficar acima da inflação ainda. O outro motivo é que são dois anos de distanciamento e agora, neste dias das mães, as famílias vão se reencontrar. Então compram presentes para as mães, mas compra pro sobrinho, pro neto, pra sogra… até para ex-mulher apareceu na pesquisa deste ano, pela primeira vez”, disse Piva
Outra expectativa que deve ser confirmada é a de previsão da Federação das Câmaras de Dirigentes Lojistas do Rio Grande do Sul (FCDL-RS) de que o volume comercializado na data possa chegar a R$ 600 milhões, um incremento de até 9% na comparação com o mesmo período do ano passado e de quase 70% em relação ao volume registrado em 2020.
“As vendas foram muito boas e certamente atingiremos o faturamento previsto de mais de
R$ 600 milhões. Os produtos que mais rodaram foram os do ramo mole - roupas, calçados e acessórios -, perfumaria e floriculturas, que ainda estão faturando. O segmento de alimentação também foi contemplado e amanhã terá movimento intenso nos restaurantes”, avalia o presidente da FCDL, Vitor Koch.
Na Câmara de Dirigentes Lojistas (CDL) de Porto Alegre, o sentimento é de satisfação quanto ao movimento observado durante a véspera de feriado. “Foi muito bom movimento. Hoje mesmo dei uma passada nos shoppings para tirar termômetro, e o movimento era bastante forte, portanto temos expectativa positiva”, afirmou Irio Piva
“Tivemos dias completamente diferentes do que no ano passado, quando havia uma série de problemas de restrições, e agora vemos muitos reencontros nas familias, possibilidade de presentear - e esse é talvez o fator mais preponderante da data”, diz.
Irio celebra o retorno dos consumidores às lojas físicas, casas de um setor que mais sofreu os reflexos da pandemia, principalmente em 2020 e início de 2021. “O segmento do comércio é talvez o grande beneficiado do momento, com tudo liberado. Foi o que mais sofreu lá atrás. Teremos o melhor dia das mães dos últimos anos”, afirmou ele.
Nos supermercados, o movimento deve ser menor do que em 2021. “Com relação ao ano passado, será inferior, pois felizmente as pessoas estão com outras opções de locais de consumo. Mas este sábado do Dia das Mães será superior ao sábado que antecedeu o domingo de Páscoa”, relatou o presidente da Associação Gaúcha de Supermercados (Agas), Antônio Cesa Longo.
Conteúdo Publicitário
Comentários CORRIGIR TEXTO
Leia também